Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    10/05/2019

    CAPITAL| Núcleo de Polícia Comunitária participa de reunião na região Sul de Palmas

    Núcleo de Polícia Comunitária participa de reunião na quadra 1203 Sul, em Palmas ©DIVULGAÇÃO
    Durante o evento, moradores relataram sobre os esforços que estão sendo feitos para desenvolverem um projeto de vídeo monitoramento na região, fechamento das entradas e saídas clandestinas da quadra.

    Aconteceu, na noite desta quinta-feira, 9, uma Reunião Comunitária de Segurança com moradores da quadra 1203 Sul, em Palmas. A reunião foi realizada em uma igreja da região e teve o objetivo de ouvir as demandas da comunidade local sobre as questões de segurança pública, bem como levar estratégias de Polícia Comunitária aos residentes daquele setor.

    Realizaram o evento integrantes do Núcleo de Polícia Comunitária, órgão vinculado à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), e policiais militares do 1º Batalhão da Polícia Militar (1°BPM).

    Na ocasião, o major Thiago Monteiro, chefe do Núcleo de Polícia Comunitária da SSP, ministrou palestra sobre segurança comunitária e prevenção criminal, ressaltando a necessidade de engajamento e mobilização da comunidade, para maior integração com as forças de segurança e redução dos índices de criminalidade no local.

    Ele também apresentou à comunidade ferramentas estratégias na área, como as Redes Comunitárias de Segurança e os Conselhos Comunitários de Segurança (CONSEGs), nas quais a participação social é fator preponderante, sendo apresentado ainda o Curso de Agentes Comunitários de Segurança (CACS) como instrumento de preparação da comunidade para a atuação nestas estratégias.

    A reunião também contou com a presença do delegado de Polícia Civil Antônio Gonçalves, que é chefe Adjunto do Núcleo de Polícia Comunitária. Ele esclareceu aos participantes sobre as atribuições e competências dos órgãos policiais, alertando para a importância do registro dos boletins de ocorrência. O delegado discorreu sobre a forma de acesso e utilização da Delegacia Virtual, informando sobre a praticidade e celeridade que a população tem para o registro do boletim de ocorrência.

    Já o capitão Goiamar Magalhães, que estava representando o 1° BPM, apresentou as principais ações desenvolvidas pela Polícia Militar e ressaltou a importância desta interação comunitária no sentido de otimizar o emprego operacional dos recursos. Ele explicou que a Base Comunitária de Segurança da quadra 906 Sul coordena as Redes Comunitárias de Segurança da Capital, utilizando estratégias de mobilização comunitária para a prevenção criminal.

    Durante ao evento, moradores relataram sobre os esforços que estão sendo feitos para desenvolverem um projeto de vídeo monitoramento na região, fechamento das entradas e saídas clandestinas da quadra. Também falaram sobre a importância da continuidade destas ações de aproximação com as polícias. Com isso, ficou acordado que os líderes da quadra mobilizariam a comunidade para a realização de um CACS na região, em data a ser definida com o Núcleo de Polícia Comunitária.

    Por: Cláudia Santos

    Imprimir