Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    15/05/2019

    MIRACEMA| Horta Familiar é inaugurada no município

    ©DIVULGAÇÃO
    Na tarde de terça-feira, 14, acompanhado do secretário Municipal de Esporte, Juventude e Cultura, Leandro Oliveira, do secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado, José Messias, e do vice-governador Wanderlei Barbosa, o prefeito Saulo Milhomen, participou, a convite do mentor do projeto, o bispo diocesano dom Philip Dickmans, da inauguração da Horta Familiar, projeto de Agricultura Familiar de Miracema, contemplado por edital da Cáritas Brasileira, que incentiva agricultores familiares a produzirem alimentos orgânicos sem agrotóxicos promovendo assim, saúde, mais qualidade de vida e geração de renda.
    ©DIVULGAÇÃO
    O projeto, desenvolvido pela Associação Ação Social Jesus de Nazaré e pela Cáritas Diocesana Regional, tem o apoio da Prefeitura de Miracema do Tocantins, do Governo do Estado e conta com o envolvimento de um conjunto de forças sociais locais que vem atuando em sua implantação. Inicialmente a horta, que já está toda estruturada, beneficiará 10 famílias, cadastradas em situação de vulnerabilidade social, elas serão responsáveis pelo plantio, cultivo, colheita, venda e distribuição dos produtos, juntamente com os parceiros do projeto.

    O prefeito, Saulo Milhomem, se colocou à disposição no que for preciso para a manutenção da horta e ressaltou sua alegria em participar desta ação, “estou feliz por ser parceiro de um projeto pioneiro que beneficia e dá oportunidades a famílias de Miracema”.

    A senhora Luzimar Alves, de 35 anos, e seu esposo Vanilson Ribeiro, coordenador da Horta Familiar, agradeceram aos idealizadores do projeto. “Estar entre as famílias contempladas é com certeza uma grande oportunidade para minha família, sou grato por esta possibilidade que surgiu, e tenho certeza que podemos fazer a diferença na vida de muitas pessoas ao oferecer um produto orgânico de qualidade”, ressaltaram.

    Em sua fala o bispo, Philip Dickmans, agradeceu a presença de todos e enfatizou, “nós queremos ser fiéis à nossa missão, enquanto igreja católica, mas a serviço de todos. Muito gratificante iniciar este projeto, se Deus quiser, o primeiro de muitos”, concluiu.




    Por: Juliana Carneiro

    Imprimir