Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    13/06/2019

    CAPITAL| Com presença da prefeita, alunos da rede municipal são formados pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas

    ©DIVULGAÇÃO
    Alunos da rede municipal de ensino participaram na manhã desta quinta-feira, 13, da formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), promovido pelo Polícia Militar do Tocantins (PM/TO) que tem como objetivo oferecer formação cidadã voltada à prevenção de drogas e violência para crianças entre 4 e 14 anos.

    A solenidade de formatura de 875 alunos aconteceu no auditório do Centro de Convenções Parque do Povo Arnaud Rodrigues e contou com a participação de diversas autoridades civis e militares, entre as quais o governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse e a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro.

    Na cerimônia desta manhã foram diplomados pelo comando do 1º BPM-Palmas alunos das escolas municipais Anne Frank, Beatriz Rodrigues, Paulo Freire, Mestre Pacífico Siqueira Campos, Monteiro Lobato, ETI Pe. Josimo Tavares e do Instituto Presbiteriano Educacional e Social (IPES).
    ©DIVULGAÇÃO
    A prefeita Cinthia Ribeiro parabenizou todas as crianças presentes e lembrou quão importante é o trabalho realizado com temas tão delicados. “É uma satisfação muito grande ver nossos alunos formando nesse programa que está presente em 58 países e veio para marcar um novo tempo também na nossa Capital que há 10 anos está formando pessoas, formando uma educação cidadã para nossa cidade e para o mundo. Eu desejo que nossos alunos levem e repliquem essa ideia da necessidade do combate às drogas”.

    O governador Mauro Carlesse falou da importância do programa educacional, afirmando que o seu governo tem o compromisso de levá-lo para todos os 139 municípios do Tocantins porque, segundo ele, “o programa é fundamental para a base das nossas famílias que são os nossos filhos, por isso esse governo tem o compromisso com os pais de poder dar condições aos seus filhos de iniciar suas vidas com muita educação e livres de males como as drogas”.
    ©DIVULGAÇÃO
    Enzo Gabriel Araújo Gomes, aluno da Escola Municipal Monteiro Lobato, ganhou uma bicicleta por seu trabalho ter sido escolhido entre as sete redações destaques do programa. Ao ler o seu texto, Enzo disse. “O Proerd me ensinou várias lições que vão influenciar muito no meu futuro e que vão me ajudar a não acabar como mais uma pessoa nas drogas. O programa vai me ajudar também a evitar situações desagradáveis como ser pressionado a fazer coisas que são erradas”, declarou.

    Para a mãe de Enzo Gabriel, Elenil Beckmam Araújo, o programa veio para fortalecer ainda mais toda a educação repassada pela família. “Esse programa é essencial na vida das crianças, principalmente nessa fase de formação do ser humano”, afirmou.

    Nova formatura

    Na próxima terça-feira, 18, no Ginásio Ayrton Sena acontece a formatura para mais 1.100 alunos das escolas do Plano Diretor Sul da Capital.

    Proerd

    O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) nasceu em 1992 nos Estados Unidos, sendo adotado no Brasil e outros países. Consiste em um esforço cooperativo da Polícia Militar, Escola e Família, objetivando preparar crianças e adolescentes para fazerem escolhas seguras e responsáveis na autocondução de suas vidas, a partir de um modelo de tomada de decisão onde, por meio de atividades educacionais em sala de aula, o policial militar devidamente capacitado, fornece aos jovens as estratégias adequadas para tornarem-se bons cidadãos, resistir à oferta de drogas e ao apelo da violência.

    Implantado há 17 anos em várias cidades do Tocantins, o Proerd completa em 2019 dez anos de atividades em Palmas.

    SECOM/Semed


    Imprimir