Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    06/06/2019

    Residentes da Fesp participam do II Simpósio Tocantinense de Medicina de Família e Comunidade

    ©DIVULGAÇÃO
    Cerca de 60 residentes de medicina de família e comunidade e enfermagem obstétrica, da Fundação Escola de Saúde de Palmas (Fesp) participam nesta sexta-feira, 07, do II Simpósio Tocantinense de Medicina de Família e Comunidade. O evento acontece a partir das 8h, na sede do Conselho Regional de Medicina de Tocantins (CRM-TO) e é organizado pela Associação Tocantinense de Medicina de Família e Comunidade (ATOMFAC).

    Representantes da Fesp também participam de uma mesa redonda sobre ‘Residência em Medicina de Família e Comunidade no Tocantins: experiências e projetos’ - Supervisores das Residências UFT/FESP/ITPAC/UNIRG. A coordenadora do programa de residência de medicina de família e comunidade da Fesp, a médica Gecilda Ramalho, explica que serão apresentados os resultados obtidos com os programas de residência da instituição.

    “Teremos a oportunidade de mostrar como os programas de residência médica têm trazido resultados positivos que impactam em um atendimento a população que utiliza do Sistema Único de Saúde. Nosso objetivo é que esses profissionais fortaleçam ainda mais a relação médico-paciente dentro da Saúde da Família que é muito próxima e continuada, e espaços de debate como este, fortalecem a formação dos residentes”, evidenciou a coordenadora.

    Entre os temas debatidos também estão ‘Atenção Primária à Saúde Forte: a visão da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC)’, com palestra de Daniel Knupp, presidente da instituição.

    Outras temáticas abordadas serão: ‘Rumos da Atenção Primária no SUS’, com Erno Harzhein, secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde; 'Residência em MFC no Tocantins: experiências e projetos'; 'Solução de dúvidas clínicas no dia-a-dia' e 'apresentação de Atualizações clínicas'.

    Programação

    08h: Recepção e credenciamento

    08h20: Abertura - Diretoria da ATOMFAC e Autoridades

    08h50: Conferência: Atenção Primária à Saúde Forte - a visão da SBMFC (vídeo) - Dr Daniel Knupp, presidente da SBMFC

    09h: 10:00h: intervalo

    10h30: Atualização Clínica 1. Avaliação das dispepsias pelo MFC: para além do omeprazol - Dr. Raimundo Célio Pedreira. MFC e gastroenterologista

    11h15: Atualização Clínica 2. O MFC cuidando de famílias: o exemplo da hanseníase - Dra Seyna Ueno, MFC e hansenóloga

    14h: MFC nos serviços privados de saúde. A experiência da Unimed Vitória/ES - Dra Jetele Selene, MFC, Projeto Unimed Personal, da Unimed Vitória/ES

    15h: Atualização Clínica 3. Febre em crianças: o MFC e o desafio de lidar com a incerteza - Dra Gecilda Ramalho, MFC e pediatra

    15h30: Atualização Clínica 4. O que a vigilância em saúde diz ao MFC: o caso do Câncer de Colo de Útero - Dr Valdir Odorizzi, MFC e ginecologista

    16h45: Atualização Clínica 5. Uso do WhatsApp na comunicação com pacientes em um município do interior do TO. - Dr Vladimir Tamayo, MFC

    17h30: Atualização Clínica 6: Grupos na APS: o tratamento da dependência de benzodiazepínicos - Dr Flávio Dias Silva, MFC e psiquiatra

    18h30: Encerramento


    SECOM/Semus


    Imprimir