Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    01/07/2019

    Sebrae, Faet e parceiros assinam termo de cooperação para beneficiar a piscicultura tocantinense

    O termo tem o objetivo de fomentar e incentivar a piscicultura na capital e em todo o estado.

    ©DIVULGAÇÃO
    O Superintendente do Sebrae Tocantins, Moisés Gomes, assinou nesta segunda-feira, 01, um termo de cooperação técnica que beneficia o Parque Aquícola Sucupira, em Palmas. O evento foi realizado no auditório da Faet e contou com a presença de lideranças políticas municipais, estaduais e federais, secretários, empresários, produtores do Sucupira e representantes do setor produtivo e comercial da piscicultura. O termo tem o objetivo de fomentar e incentivar a piscicultura e foi assinado pelo Sebrae Tocantins, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Mapa, Embrapa, Faet, Senar, Itertins e Associação dos Produtores de Peixes do Parque Aquícola Sucupira – Bom Peixe.

    O Sebrae irá elaborar o plano de negócios, pesquisas de mercado e cursos em gestão. “Nesta nova parceria o Sebrae, por meio de oficinas e palestras, vai levar conhecimento aos piscicultores nas áreas de gestão, liderança, planejamento, formação de preço e venda e consultorias para o desenvolvimento do design da marca e embalagem de produtos. A piscicultura tem uma importância fundamental na economia do Estado”, ressaltou o Superintendente, Moisés Gomes. 

    Durante a solenidade, a senadora Kátia Abreu (PDT) anunciou R$ 600 mil reais em emendas parlamentares de sua autoria para a aquisição de 100 tanques rede, três tanques berçário (para a produção de alevinos), instalação de fábrica de gelo, 300 caixas térmicas para o transporte de peixes e balsa para a despesca (atividade de desembarque do peixe em fase de comercialização).

    De acordo com a Seagro, atualmente, o Tocantins possui cerca de mil piscicultores distribuídos em todas as regiões do Estado e que produzem, ao todo, 14 mil toneladas de peixes por ano. Somente na região sudeste do estado, a atividade é praticada em 13 municípios, responsáveis por produzirem mais de 9,6 mil toneladas de peixes por ano.

    ASSECOM

    Imprimir