Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    26/08/2019

    ARAGUAÍNA| Associação Mundo Autista incentiva pais a se unirem pela causa do Município

    Em reunião com o prefeito Ronaldo Dimas, pais associados mostraram que o diálogo fortifica as relações entre sociedade e poder público com a criação da Clínica-Escola Mundo Autista

    Hoje são 115 pais associados, mas a demanda na cidade é muito maior. Em levantamento apresentado pela associação durante a reunião, são 300 crianças que precisam de acompanhamento na cidade ©Marcos Sandes 
    O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, participou de reunião com os pais da Associação Mundo Autista na última quinta-feira, 22. Na sede da entidade, no Bairro São João, os associados apresentaram as demandas da causa e mostraram que o diálogo fortalece as relações entre sociedade civil organizada e poder público.

    Entre as demandas, estava o Projeto de Lei nº 046/19, que altera o artigo 7º da Lei nº 3.022/2016. “Mostramos pra eles as mudanças na legislação que não causam impacto nos atendimentos, só causa impacto na gestão com a responsabilidade de cumprir o que é impraticável pela falta de profissionais”, explicou o prefeito.

    Para o secretário municipal da Saúde, Jean Luís Coutinho, o resultado da reunião foi satisfatório. “Ouvimos os pais e as demandas do Município, as demandas da associação e houve consenso entre todos sobre a qualidade do atendimento da Clínica-Escola Mundo Autista. Estamos abertos às discussões e que a gente sempre tenha esse diálogo”.

    O diretor da Clínica-Escola Mundo Autista, Jocirley de Oliveira, falou da importância da associação para a criação do espaço na cidade. “Todas as ações que são desenvolvidas na clínica têm o apoio direto dos pais, é um trabalho em conjunto, não só nas terapias, mas nas ações voltadas para o autismo”.

    Como associar

    Segundo a tesoureira da Associação Mundo Autista, Graziela Piva, hoje são 115 pais associados, mas a demanda na cidade é muito maior. “Fizemos um levantamento e sabemos que hoje são 300 crianças que precisam de acompanhamento na cidade”.

    Ela ainda explicou como os pais fazem para se associar e fortalecer o movimento em Araguaína. “Basta vir na associação que fica localizada à Rua Elias Rosa, s/n, no Bairro São João, e se inscrever. Estamos visitando os pais para saber quantas crianças autistas tem em cada casa. A clínica nasceu da associação, da luta desses pais por ter um espaço que trabalhasse as nossas crianças e fizesse com que elas sejam estimuladas e viessem a ter uma vida dentro do normal”.

    A tesoureira ainda informou que, além do apoio à clínica, a associação realiza reuniões, rodas de conversas com os pais e atendimento de crianças com um grupo de socialização para desenvolver habilidades de convívio e atendimento de fonoaudióloga com preço mais acessível.

    “Quanto mais forte for a associação, mais teremos possibilidade de buscar melhorias para as nossas crianças. A clínica é uma conquista e sempre precisamos buscar melhoras”, acrescentou.

    Clínica Mundo Autista

    Em 2016, foi fundada a Associação Mundo Autista em Araguaína. No mesmo ano, a Prefeitura de Araguaína criou a Clínica-Escola Mundo Autista, a terceira no Brasil e primeira na região Norte. Administrada pela Prefeitura e associação, a clínica atende a mais de 200 pessoas com algum grau de Transtorno do Espectro Autista (TEA), com terapias e consultas médicas, atendidos mensalmente.

    A Clínica-Escola Mundo Autista receberá no próximo mês o Prêmio Nise da Silveira de Boas Práticas e Inclusão em Saúde Mental na Câmara dos Deputados. O local foi uma das cinco entidades ou instituições escolhidas para o prêmio entre as mais de 50 que concorriam à honraria.
    Entre as demandas, estava o Projeto de Lei nº 046/19, que altera o artigo 7º da Lei nº 3.022/2016. “Mostramos pra eles as mudanças na legislação que não causam impacto nos atendimentos, só causa impacto na gestão com a responsabilidade de cumprir o que é impraticável pela falta de profissionais”, explicou o prefeito ©Marcos Sandes

    A tesoureira da Associação Mundo Autista, Graziela Piva, explicou como os pais fazem para se associar e fortalecer o movimento em Araguaína. “Basta vir na associação que fica localizada à Rua Elias Rosa, s/n, no Bairro São João, e se inscrever" ©Marcos Sandes

    Por: Thatiane Cunha


    Imprimir