Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    14/08/2019

    PORTO NACIONAL| Educação Municipal investe em Formação Continuada

    ©Dornil Sobrinho
    A atualização é um fator essencial para todo profissional, sobretudo, para os professores da rede pública municipal, pois o constante aprimoramento da prática pedagógica, e a qualidade deste processo mostra a responsabilidade da gestão do prefeito Joaquim Maia com os alunos em sala de aula.

    Diante disso, a Prefeitura de Porto Nacional, por meio da Secretaria Municipal da Educação faz investimentos e prioriza a valorização dos professores. Assim, nessa sexta-feira, 9, aconteceu no Centro de Convenções Vicente de Paula Oliveira - “Comandante Vicentão”, a abertura oficial de mais uma Formação Continuada para os profissionais da educação.

    Mais de 400 profissionais da área educacional participaram do evento, onde os temas “Postura da Escola quanto a Notícia do Abuso Sexual e o Recolhimento de Adolescentes em Medidas Socioeducativas”, foram evidenciados pela promotora de justiça de Porto Nacional, Márcia Mirele Stefanello Valente.

    O segundo momento, contou com a palestra “Educação Municipal: Qualidade e Evidências”, ministrada pelo professor Danilo de Melo Souza, atual subsecretário de Educação do Estado da Bahia. O mesmo também foi secretário estadual de Educação do Estado do Tocantins e secretário de Educação de Palmas.

    A secretária municipal da Educação, Shyrleide Maia, deu as boas-vindas a todos, e destacou a importância do comprometimento da gestão Joaquim Maia com as unidades de ensino, e que essa ligação mexe diretamente com o desenvolvimento do aluno e o bom funcionamento da escola.

    “Desejo um bom retorno tanto para os professores, quanto para os alunos, além de todos os colaboradores da Secretaria Municipal da Educação e escolas”, Shyrleide Maia.

    A formação representa uma atualização e contextualização dos professores, com novas ideias, onde eles já têm o conhecimento adquirido, mas fazem uma requalificação em cima de métodos mais adequados.

    Ao fazer uso da palavra, o prefeito Joaquim Maia deixou como mensagem aos professores, a importância dos momentos de formação.

    “Temos a oportunidade, com a formação continuada, de estarmos trazendo aos nossos professores, educadores e profissionais da educação em geral, aspectos que envolvem a educação da primeira infância, entendendo que isso é dinâmico. A continuidade do tempo está sendo renovada, e é por isso que a gente busca profissionais da área e especialistas para promover essa educação sempre crescente em nossa cidade”, ressaltou o prefeito de Porto Nacional.

    Para a diretora da Educação do Município, Gisele Cristine Rodrigues de Oliveira, a Secretaria Municipal da Educação tem investido em qualificação e em estrutura para os professores.
    ©Dornil Sobrinho
    “A gestão Joaquim Maia sempre teve a preocupação de estar buscando, de forma permanente, a formação continuada dos professores da rede municipal de ensino. E a temática sobre a violência contra a criança também nos preocupa. Então, em parceria com o Ministério Público, estamos hoje iniciando um pontapé para que possamos traçar ações pra combater o abuso sexual das crianças de Porto Nacional”, refletiu a Diretora.

    Para o professor e palestrante convidado, Danilo de Melo Souza, a formação continuada de professores é o processo permanente de aperfeiçoamento dos saberes necessários, capaz de assegurar uma ação docente efetiva que promova aprendizagens significativas.

    “Primeiramente, é uma satisfação receber esse convite. Porto Nacional é uma das cidades mais importante do norte do Brasil. Berço da cultura, da formação de toda uma cultura do Tocantins. E aqui, discutimos com nossos educadores, a perspectiva e as evidencias de qualidade, bem como, compreender como funciona a escola pública que constrói qualidade, o papel de cada um nesse contexto, do professor, do gestor, da secretaria de educação. Ao mesmo tempo, parabenizo o poder público municipal por estar construindo fóruns e momentos em que os educadores se encontram pra discutir questões relevantes muito práticas no dia-a-dia da escola”, destacou o Danilo de Melo.









    Por: Luciana Macedo


    Imprimir