Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    15/08/2019

    Vice-governador Wanderlei Barbosa afirma que superávit no 1º semestre é fruto da austeridade adotada pelo Executivo

    A partir de então, os poderes serão comunicados que o contingenciamento no orçamento realizado no primeiro semestre fica cancelado

    O vice-governador disse que os recursos serão transformados em melhorias na Saúde, Educação e Segurança Pública ©Carlos Heller 
    O vice-governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, comemorou o superávit alcançado pelo Governo no primeiro semestre deste ano. O resultado vai propiciar a retomada de investimento nos setores impactados pelo contingenciamento decretado pelo executivo em maio deste ano.

    De acordo com Wanderlei Barbosa, o resultado positivo de R$ 40 milhões (gastou menos que arrecadou) é fruto da das medidas adotadas pelo governador Mauro Carlesse desde o início do ano. Na avaliação do Vice-governador, além da reforma administrativa, houve redução de despesas em todos os setores, entre água, energia, aluguel, combustíveis e material de expediente. "É uma alegria ver toda equipe do Governo empenhada na busca do ajuste fiscal e do controle das despesas”, comemora.

    Para Wanderlei Barbosa, o superávit financeiro de 40 milhões reflete a competência administrativa e a seriedade do Governo do Tocantins e, com isso, o Estado vai deixar de fazer contingenciamento do seu orçamento. “Com as medidas colocadas em prática pelo governador, vamos poder aplicar o recurso em diversas áreas, beneficiando a população”, enfatizou.

    O vice-governador disse ainda que os recursos serão transformados em melhorias na Saúde, Educação, Segurança Pública e na manutenção do repasse do duodécimo aos demais poderes.


    Por: Elisângela Silva/Governo do Tocantins

    Imprimir