Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    10/09/2019

    Aeroportuários de Palmas atualizam cartão de vacinas e recebem orientações sobre prevenção de doenças

    Funcionários foram vacinados contra sarampo, caxumba, rubéola, febre amarela, influenza, hepatite B e antitétano

    O auxiliar administrativo Márcio Alves estava com o cartão de vacinas desatualizado e teve que tomar três vacinas ©Raíza Milhomem 
    Devido ao constante fluxo de pessoas no Aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues, técnicos da Central de Vacinas da Secretaria Municipal de Saúde realizaram na manhã desta sexta, 06, uma ação voltada à vacinação dos funcionários que atuam no local. Os aeroportuários foram vacinados contra: sarampo, caxumba, rubéola, febre amarela, influenza, hepatite B e antitétano.

    O primeiro a ser vacinado foi o auxiliar administrativo do Aeroporto, Márcio Alves, que tomou três vacinas: antitetânica, tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e influenza. “Confesso que não tenho costume de ir na unidade saúde, mas sempre que o serviço chega até nós, não perco a oportunidade, porque sei que é importante para a nossa saúde”, disse.
    Sueide afirma que devido ao grande fluxo de pessoas no Aeroporto considera importante estar imunizada ©Raíza Milhomem
    Sueide Ferreira Gomes, que também é administrativo no Aeroporto, tomou as vacinas de tríplice viral e influenza. “Trabalhamos num local com grande fluxo de pessoas, vindas de todos os lugares. Por isso, essa vacinação é importante porque previne muitas doenças como gripe e febre amarela”, pontuou.

    A enfermeira da Central de Vacinas, Juliana Araújo, ressaltou que a Semus tem feito algumas ações de intensificação da vacinação com foco no sarampo, mas aproveitam para atualizar os cartões com as vacinas disponíveis no calendário de rotina. “Aqui no Aeroporto, a população aeroportuária é bastante vulnerável para doenças transmissíveis, porque aqui é a porta de entrada da nossa cidade. As pessoas entram e saem através do Aeroporto e da Rodoviária. Então essa ação é para poder proteger essas pessoas e mantê-las com a situação vacinal em dia”, ressalta Juliana, lembrando que ação semelhante já foi realizada junto aos hotéis que receberão o público dos Jogos Escolares da Juventude, e posteriormente, será feita no Terminal Rodoviário de Palmas.
    ©Raíza Milhomem
    ©Raíza Milhomem

    SECOM/Semus


    Imprimir