Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    24/09/2019

    Governador Mauro Carlesse apresenta diagnóstico dos incêndios florestais e recebe apoio da Marinha e do Exército

    Equipes da Marinha e do Exército, a partir desta semana, passam a reforçar a força-tarefa do Governo para combater os incêndios

    Em coletiva, o governador Mauro Carlesse apresentou um diagnóstico dos incêndios florestais no Estado e as estratégias da força-tarefa para combate os focos ©Washington Luiz
    O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, apresentou à imprensa, na tarde desta terça-feira, 24, na sala de reuniões do Palácio Araguaia, um diagnóstico dos incêndios florestais no Estado e as estratégias da força-tarefa para combate os focos. Os dados apresentados dão conta que os municípios de Lagoa da Confusão, Formoso do Araguaia, Paranã e Pium lideram os focos de calor no Estado que se concentram nas terras indígenas, unidades de conservação e às margens das rodovias.

    O evento contou com a presença do comandante do 7º Distrito Naval, vice-almirante Wladmilson Borges de Aguiar; do capitão dos Portos da Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins, capitão de Fragrata Marcos César Pires Gomes; do comandante do 22º Batalhão de Infantaria, tenente-coronel Carlos Gabriel Brusch Nascimento; do comandante da 3ª Brigada de Infantaria Motorizada, que abrande os estados de Goiás, ainda o Triângulo Mineiro, Distrito Federal e o Tocantins, general de Brigada Marcos Aurélio Almeida Rosa.

    As equipes da Marinha e do Exército, a partir desta semana, passam a reforçar a força-tarefa do Governo do Estado para combater os incêndios por solicitação do governador Mauro Carlesse ao Governo Federal, de acordo com a Garantia da Lei e da Ordem (GLO). A GLO é uma operação prevista na Constituição Federal realizada exclusivamente por ordem do presidente da República, da qual autoriza o uso das Forças Armadas.

    Força-Tarefa

    A equipe do Exército vai disponibilizar 650 soldados para auxiliar e a Marinha vai apoiar as ações com amparo logístico e uma aeronave com capacidade para transportar 14 brigadistas para locais de difícil acesso. “Hoje essa aeronave já fez uma missão de reconhecimento juntamente com os bombeiros, Exército e Defesa Civil para visualizar os principais focos para elaborarmos uma estratégia de como agir nos próximos dias”, explicou Marcos César Pires Gomes.

    Já a Força-Tarefa no Estado conta com 320 bombeiros, além de brigadistas. No Parque Nacional do Araguaia estão sendo empregados 65 homens no combate aos incêndios e na Serra do Lajeado, mais 25 homens.

    Além das ações de combate aos focos de incêndios no Estado, o Exército já se comprometeu a realizar ações de cunho educativo no Estado.

    Consciência Ambiental

    Essa iniciativa faz parte das ações que devem se intensificar no Estado a pedido do governador Mauro Carlesse para promover a conscientização da população para a necessidade de evitar as queimadas, promover a educação e a consciência ambiental no seio da população. “O Exército vai trazer para o Tocantins um seminário de educador ambiental, já está acertado com o Governador. Durante quatro dias, técnicos vão preparar educadores e multiplicadores e promover diversas ações para ampliar o conceito de meio ambiente e a maneira de encarar essa questão”, comentou o comandante da 3ª Brigada de Infantaria Motorizada, Marcos Aurélio Almeida Rosa.

    O governador Mauro Carlesse disse que, as ações baseadas na Garantia da Lei e da Ordem que contam com o apoio das Forças de Segurança, não têm data para encerrar e explicou que esse é o início de um trabalho que já prevê as ações para o próximo ano. Ele também lembrou que já está em curso um projeto denominado “Pátria Amada Mirim”, voltado para a educação ambiental de crianças, que deve abranger um universo de 25 mil crianças. “O futuro está nas crianças e precisamos educá-las para produzir com qualidade e responsabilidade ambiental”, explicou.

    Além de secretários de Estado, também participaram da coletiva de imprensa o Comandante Militar do Planalto, general de Divisão Sérgio da Costa Negraes; o Comandante da 8ª Região Militar, general de Divisão Anísio David de Oliveira Junior; o comandante da 23ª Brigada de Infantaria de Selva, general de Brigada Carlos Henrique Teche; além do comandante do Corpo de Bombeiros do Tocantins, Coronel Reginaldo Leandro.

    Por: Jarbas Coutinho/Governo do Tocantins

    Imprimir