Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    17/09/2019

    GURUPI| Prefeito Laurez sanciona Leis que instituem a Capelania Voluntária e os dias do Pastor e do Capelão no Município

    ©Marcos Veloso
    Na tarde desta terça-feira (17), o Prefeito de Gurupi Laurez Moreira sancionou em seu gabinete três Leis que inserem no calendário oficial do município os dias do Pastor e do Capelão evangélico civil e militar. Também foi instituída a Capelania Evangélica Voluntária em Gurupi. Pastores, capelães e convidados participaram da solenidade de assinatura.

    A Lei Nº 2.452 institui o dia do Pastor anualmente no segundo domingo do mês de junho. A Lei Nº 2.448 institui o dia do Capelão evangélico civil e militar, anualmente no dia 21 de junho. “É motivo de muita alegria a nossa categoria de pastores sendo reconhecida na nossa cidade e tendo um dia certo para comemorar isso. O reconhecimento do poder público é muito importante, tenho certeza que estamos no caminho certo e que Gurupi será muito abençoada”, disse o Pastor Cesar Assunção, presidente da Aliança dos Ministros Evangélicos de Gurupi (AMEG).
    ©Marcos Veloso
    Já a Lei Nº 2.447 institui a Capelania Evangélica Voluntária em Gurupi. Será um serviço de assistência religiosa com o objetivo de contribuir para o bem estar religioso e espiritual, com atuação nas áreas da guarda municipal, prisional, infantil, fúnebre, hospitalar, social, estudantil, esportiva, meio ambiente e pós-desastre ecológico. Os capelães integrantes não serão remunerados, servirão à coletividade, como prestação de serviços de utilidade pública.

    A coordenação do serviço voluntário será feita por um capelão titular formado em curso específico de capelania, credenciado pela unidade de capelania voluntária da União Internacional de pastores e Capelães Voluntários (UNIPAS).

    Segundo o diretor da Regional Sul da UNIPAS-TO, Pastor Gilberto Correia, Gurupi é a primeira cidade do Tocantins a instituir a Capelania Voluntária e o dia do Capelão. “Essa homenagem também é importante porque Gurupi se torna a primeira cidade do Estado há ter um dia específico em comemoração ao capelão e a primeira a ter um serviço de capelania voluntária, que é um trabalho muito importante que irá contribuir com a assistência religiosa à população gurupiense, em qualquer situação”, relatou Gilberto.

    “Fico muito feliz em sancionar essas Leis e prestigiar esse trabalho fundamental dos pastores e capelães em Gurupi. São homens e mulheres vocacionados que deixam os seus afazeres para se dedicar ao interesse e bem estar do próximo. Todo ser humano necessita de um amparo religioso e em Gurupi a classe religiosa não tem medido esforços para atender essa demanda em nossa cidade”, frisou o Prefeito Laurez Moreira.

    Estiveram presentes na solenidade os vereadores Ivanilson Marinho e Jair Souza, ambos do segmento evangélico. 



    SECOM


    Imprimir