Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    05/09/2019

    Palmenses e visitantes lotam primeiro dia do Festival Gastronômico de Taquaruçu

    ©DIVULGAÇÃO
    A 13ª edição do Festival Gastronômico de Taquaruçu começou nessa quarta-feira, 04, e chegou cheio de cores e sabores nos 58 pratos que concorrem em cinco categorias, sendo Comidinhas Salgadas, Trailer/Food Truck, Prato Salgado e Prato Doce, além de oito empreendimentos da Rota Gastronômica de Taquaruçu e Taquaruçu Grande, que estão atendendo nos próprios estabelecimentos.

    “Mesmo com tanta novidade o público parece querer experimentar um de cada, ou boa parte deles”, avalia o perito criminal Ed Lopes, que participa da festa pela primeira vez e disse estar surpreso com o que viu. “Essa é minha primeira vez no festival, a organização está maravilhosa, a diversidade de comida excelente, com um roteiro de atrações bem variado, realmente um evento fantástico”, disse, lembrando que gostou muito do prato salgado Buraco Negro que leva carvão vegetal no pão com recheio de chambari. “Uma comida esteticamente bem diferente, com um sabor muito peculiar”, disse.
    ©DIVULGAÇÃO
    Na outra ponta o que se via eram muitos comerciantes animados com as expectativas de vendas, com o público que crescia a cada hora, fazendo filas nos estandes de ponta a ponta. Thalita Silvestre que participa pela terceira vez do FGT, concorrendo este ano com o prato Baião da Serra, garante que veio preparada para trabalhar e vender bastante todos os dias de festa. “Teremos muito shows bons o que atrai muita gente, estamos confiantes nas vendas e para concorrer ao prêmio”.

    Thalita disse ainda que seis pessoas da sua família estão envolvidas no projeto, além de uma diarista. “Este festival é muito importante para nossa família, se tornou uma ferramenta que anuncia os nossos negócios durante o ano todo. É uma vitrine para os nossos pratos e negócios”.

    Já Letícia Martins, que participou de todas as edições, concorre com Brownie da Lis, sobremesa com cobertura de brigadeiro de maracujá, calda de chocolate e flor de chantili. “Temos as melhores expectativas, estamos aqui para conseguir uma renda extra, divulgar nossos produtos e concorrer ao prêmio principal da nossa categoria”.

    Outra concorrente ao título de melhor prato do festival, Andréia Pereira da Silva Costa, oitava vez na festa, lembrou do campeonato alcançado no ano anterior e assegurou que o sucesso do Acarajé foi tão grande que resolveu repetir. “Fomos campeões ano passado e com tanto sucesso e pedido do público repetimos o cardápio na certeza de sucesso também este ano”.

    Durante a festa, a prefeita Cinthia Ribeiro destacou que este ano o FGT será bem especial, pois, além da programação com cinco grandes atrações nacionais, também conta algumas mudanças pensadas com muito carinho para valorizar os empreendedores do Distrito, atrair a população e fortalecer o turismo na Capital.

    O presidente da Agência Municipal de Turismo (Agtur), Eudes Assis, avaliou que o FGT veio com muitas novidades, inclusive a rota gastronômica, oficinas e cozinha show, todos com chefes regionais com conhecimento e reconhecimento de nível nacional, tudo para promover a independência financeira das pessoas de Taquaruçu, além de 10 artistas regionais e cinco bandas nacionais.

    “O crescimento é visível, mas também podemos garantir que a Prefeitura de Palmas zela por manter a boa fama com ocorrência zero e para manter essa situação estamos trabalhando com todas as forças de segurança do Município e do Estado, empresas de segurança e bombeiros civis, para garantir tranquilidade para que as famílias possam vir desfrutar de tudo que temos aqui para oferecer”, disse.

    Vale lembrar que todos os participantes concorrem com uma receita, em apenas uma das cinco categorias, sendo estas distribuídas em 19 vagas para ‘Comidinhas Salgadas’, 15 para ‘Pratos Salgados’, 11 para ‘Pratos Doces’, cinco para ‘Food Truck’ e oito ‘Restaurantes e empreendimentos de Taquaruçu e Taquaruçu Grande’. Os pratos serão avaliados por profissionais das áreas de alimentos e bebidas de Palmas para seleção dos vencedores do festival. Os vencedores serão premiados da seguinte forma: 1° lugar – R$ 6 mil, 2° lugar – R$ 2 mil, 3º lugar – R$ 1 mil, sendo desta forma para as quatro categorias do festival.

    Este ano os pratos estão sendo comercializados pelos seguintes valores, conforme suas categorias: as ‘Comidinhas Salgadas’ poderão ser comercializadas de R$ 10 a R$ 12,00, os ‘Pratos Salgados’ de R$ 10 a R$ 14,00, os ‘Pratos Doces’ de R$ 8,00 a R$ 10,00, para ‘Food Trucks’ de R$ 10,00 a R$ 12,00 e ‘Restaurantes e empreendimentos de Taquaruçu e Taquaruçu Grande’ de R$ 10,00 a R$ 50,00.

    Artesanato

    Depois de passar por reformas, a sede do Clube de Artesanato de Taquaruçu (Cataquara) reabriu as portas, promovendo a economia solidária na loja Tudo Daqui, que concentra artesanato de Taquaruçu e região. “Nós recebemos esse estande em 2016 e conseguimos reformar recentemente, estamos reinaugurando durante o festival”, declarou Maria do Carmo Silva, reafirmando que essas atividades preenchem várias lacunas, além da financeira. “A loja uniu os artesãos em prol de um sonho que aumentou a nossa autoestima, estamos num trabalho social duro, mas que vale muito a pena”.
    ©DIVULGAÇÃO 

    Por: Deni Rocha


    Imprimir