Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    25/09/2019

    PORTO NACIONAL| Município realiza passeio ciclístico em prol do Combate ao Trabalho Infantil

    ©Rodrigo Alves
    Problema sério no país, a exploração do trabalho infantil tem estatísticas que preocupam. Infelizmente, mais de 2,5 milhões de crianças e adolescentes estão submetidos a essa situação em todo o Brasil, de acordo com a pesquisa “Pobreza na Infância e na Adolescência”, da UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância). 

    Assim, engajada na causa, a Prefeitura de Porto Nacional, por meio da Secretaria Municipal da Assistência Social e do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), promoveu último fim de semana, o “3° Passeio Ciclístico Pais e Filhos”, em prol do Combate ao Trabalho Infantil.

    A proposta foi de unir pais e filhos de todas as idades, para uma ação ao ar livre pelas ruas da cidade, com diversão, movimento, alegria e brindes. Uma ideia leve e motivadora que levou centenas de famílias ao pedal.

    O evento iniciou com uma grande concentração dos ciclistas defronte à sede da prefeitura. O percurso do passeio seguiu pelas Avenidas Joaquim Ayres e Frederico Lemos, passando pela antiga rodoviária até chegar à orla, com encerramento no Espaço Cultural Beira-Rio.
    ©Rodrigo Alves
    O prefeito Joaquim Maia e a Articuladora Municipal do Selo UNICEF e primeira-dama Aline Maia, também pedalaram. “Encontramos uma forma lúdica e saudável para alertar sobre um tema tão importante, através de um momento especial, com pais e filhos. Faremos um belo passeio ciclístico, percorrendo as ruas e avenidas da cidade, até chegar na maravilhosa orla de Porto Nacional”, ressaltou Joaquim Maia.

    De acordo com a secretária municipal da Assistência Social (Semas), Verônica Fontoura, a Semas de Porto Nacional tem atuado durante todo o ano no fortalecimento das ações contra o trabalho infantil. Várias atividades vêm sendo promovidas com o intuito de combater essa prática no Município.

    “É um momento de integração de pais, filhos, famílias, e escolhemos passar pelas principais ruas e avenidas para que mais pessoas sejam alcançadas e a mensagem seja multiplicada. Precisamos, de fato, entender que o trabalho infantil não é normal e não pode se tornar comum”, enfatizou Verônica Fontoura.

    Segundo a coordenadora do Centro de Referência Especializada em Assistência Social (CREAS) em Porto Nacional, Katiuscia de Aguiar Alves, o passeio ciclístico faz parte das ações do equipamento do Centro, e conta com o apoio dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), na prevenção e alerta ao trabalho infantil.

    Após completar o trajeto, os participantes se reuniram na orla, onde foi realizado sorteio de diversos brindes, e servido frutas para alimentar os “atletas”.

    “É a primeira vez que eu participo de um passeio ciclístico envolvendo pais e crianças. Estou vindo por causa do meu filho, que devido às limitações dele, tenho procurado interagí-lo mais. Achei maravilhosa essa iniciativa, quero participar mais vezes com ele”, disse a participante Rosangela, mãe do Isaque. 
    ©Rodrigo Alves

    Por: Luciana Macedo com informações do site childfundbrasil.org.br


    Imprimir