Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    29/10/2019

    ARAGUAÍNA| Centro Especializado em Reabilitação será inaugurado no próximo dia 8

    O CER será gerenciado pelo Hospital de Amor e atenderá pessoas com deficiência de Araguaína e mais 63 municípios. Contrato foi assinado no último dia 29, em Barretos

    Em sua plena atividade, a capacidade de atendimento será para uma média diária de 100 pacientes de Araguaína e municípios circunvizinhos que fazem parte da região Médio Norte e Bico do Papagaio ©Marcos Sandes
    A população de Araguaína e de mais 63 municípios da região contará com o Centro Especializado em Reabilitação (CER) Luiz Flávio Quinta a partir do próximo dia 8 de novembro. O centro integrará a Rede Estadual de Atenção à Pessoa com Deficiência e será administrado pela Prefeitura de Araguaína e gerenciado pelo Hospital de Amor, conforme contrato assinado no último dia 29, em Barretos (SP).

    “É muito importante a qualidade de serviço que o Hospital de Amor de Barretos oferece, como atenção ao paciente, humanização no atendimento, o que fortalecerá Araguaína como referência em Saúde. É uma determinação do prefeito Ronaldo Dimas que busquemos qualidade no atendimento de saúde para a população”, afirmou o secretário municipal da Saúde, Jean Luís Coutinho.

    Em sua plena atividade, a capacidade de atendimento será para uma média diária de 100 pacientes de Araguaína e municípios circunvizinhos que fazem parte da região Médio Norte e Bico do Papagaio.

    Necessidade de atendimento

    Com dados da Secretaria Municipal da Saúde, estima-se que 22% da população do Estado sofrem de algum tipo de deficiência. Com isso, há a necessidade de aprimorar a rede de atenção a estes assistidos. Especificamente em Araguaína, a estimativa é 24%, o que corresponde a aproximadamente 40 mil pessoas.

    Estrutura

    O CER fica localizado entre os loteamentos Cidade Nova e Lago Azul e tem área total de 2.120 m², sendo 2.050 m² edificados. A unidade conta com 32 consultórios para diversos tipos de atendimentos a pessoas com deficiência auditiva, física, intelectual e visual. O centro também conta com box de terapia, fraldários adulto e infantil e refeitório.

    Investimento

    Foram investidos no CER R$ 5,1 milhões na construção e R$ 2 milhões em equipamentos, com recursos do Ministério da Saúde e contrapartida do Município.
    O secretário municipal da Saúde, Jean Luís Coutinho, e o presidente do Hospital de Amor, Henrique Prata, assinaram o contrato firmado entre a entidade e a Prefeitura de Araguaína ©Marcos Sandes

    Por: Thatiane Cunha


    Imprimir