Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    11/10/2019

    Governador Mauro Carlesse recebe executivos da VLI e conhece novos projetos da empresa para o Estado

    Na oportunidade, Governador convidou os executivos a participarem da audiência pública sobre a construção da Transbananal, em Gurupi, no próximo dia 18

    Governador Mauro Carlesse recebeu o grupo de executivos da VLI nesta quinta-feira, 10 ©Esequias Araújo
    O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, recebeu nesta quinta-feira, 10, um grupo de executivos da VLI, empresa especializada em soluções logísticas. O objetivo da audiência foi apresentar os diretores da empresa e alguns projetos que visam o crescimento e o fortalecimento da economia do Estado. A VLI é uma das operadoras da Ferrovia Norte-Sul e conta com unidades em Luzimangues, distrito de Porto Nacional, e Palmeirantes.

    Na oportunidade foi apresentado ao Governador o projeto LabCerrado, que visa o fortalecimento da pesquisa para soja e milho no Tocantins para aumentar a produção local e, automaticamente, o volume de cargas para empresa em solo tocantinense. “O LabCerrado é um projeto de fomento, desenvolvido em parceria com a Embrapa, para que a gente de fato aumente a produção de grãos na região do Tocantins”, ressaltou o diretor de Portos e Terminais da VLI, Fabrício Rezende, explicando ainda que a iniciativa é voltada para recuperação e aproveitamento das áreas de pastagens degradadas.
    Audiência teve como objetivo apresentar os diretores da empresa e alguns projetos que visam o crescimento e o fortalecimento da economia do Estado ©Esequias Araújo
    Fabrício Rezende ressaltou que a empresa passou a operar os terminais da região em 2013 e nesse período foi registrado um crescimento da ordem de 45% no volume de grãos transportados nos terminais de Porto Nacional e Palmeirante com relação ao ano anterior. Ele explicou que grande parte dessa carga é oriunda do Estado do Mato Grosso, e que o projeto LabCerrado pode mudar essa realidade. “Esse projeto apresentado é para que o Estado possa reverter essa realidade”, explicou.

    Transbananal

    O governador Mauro Carlesse aproveitou a ocasião para convidar os dirigentes da empresa para a audiência pública promovida pelo Senado Federal no próximo dia 18 de outubro, em Gurupi, para discutir a viabilidade da construção da Rodovia Transbananal (TO-0500) e destacou que a VLI é uma parceira do Estado do Tocantins. O Governador também explicou que está empenhado em construir e recuperar a malha rodoviária do Estado, importante para o setor produtivo e destacou os altos custos de manutenção dessa logística rodoviária em virtude do fluxo de cargas oriundas de outros estados. “Estamos recuperando as nossas rodovias, mas estamos preocupados porque em virtude do grande fluxo de caminhões em um curto período de tempo elas devem passar por manutenção, o que fica muito caro para o Governo do Estado e precisamos de contrapartida”, explicou, ressaltando a necessidade de uma parceria com a iniciativa privada.

    VLI

    A VLI é uma empresa que oferece soluções logísticas que integram portos, ferrovias e terminais, com capacidade para atender a demanda dos principais players que movimentam a economia do país. A companhia opera as ferrovias Norte-Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais integradores, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e a operação em terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como Santos (SP), São Luís (MA), Barra dos Coqueiros (SE), São Gonçalo do Amarante (CE) e Vitória (ES). A VLI transporta cargas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

    Com a Ferrovia Norte-Sul operando entre Açailândia e Porto Nacional, a VLI impulsiona o crescimento da nova fronteira agrícola brasileira, que abrange os estados do Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia. Dos Terminais Integradores Porto Nacional e Palmeirante, no Tocantins a VLI carrega os grãos até a capital maranhense, onde opera o Terminal Portuário São Luís com toda a infraestrutura de armazéns e silos para atendimento do setor agrícola.

    Participaram da reunião com o Governador, Fabrício Rezende, diretor de Portos e Terminais; José Geraldo Azevedo, gerente de Relações Institucionais; Denilson Marques, gerente geral de Terminais e Portos Norte; Ronaldo Soares, gerente geral de Alianças Estratégicas; e Fernando Kunsch, gerente de Relações Institucionais Norte.

    Por: Jarbas Coutinho


    Imprimir