Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    01/11/2019

    Agência bancária é invadida e explodida por criminosos em Pequizeiro

    Crime aconteceu durante a madrugada. A mesma agência foi alvo de criminosos em 2018, quando também foi praticamente destruída.

    Agência bancária ficou destruída — Foto: Divulgação
    Um posto de atendimento de um banco foi destruído por criminosos na madrugada desta sexta-feira (1º) em Pequizeiro, na região central do estado. Testemunhas contaram à Polícia Militar que o crime teria acontecido por volta das 3h. Os criminosos teriam usado explosivos para abrir um buraco na parede do prédio e depois para explodir um cofre.

    A mesma agência foi alvo de criminosos em 2018, quando um caixa eletrônico foi explodido.

    Fotos e vídeos feitos por moradores durante a madrugada mostram que o interior do prédio ficou destruído, com pedaços de telhas e forro espalhados pelo chão. Uma parede foi danificada e um objeto que parece ser um cofre aparece destruído.

    De acordo com a PM, a agência não tinha mais caixa eletrônico e não se sabe o que foi levado pelos criminosos. Também não se sabe quantos criminosos participaram da ação. O local agora vai passar por perícia e o caso será investigado pela Polícia Civil.

    O Banco Bradesco disse que o Posto de Atendimento Bancário está avaliando os danos para repor o mais breve possível. "Os clientes da cidade podem fazer suas transações em duas unidades do Bradesco Expresso, correspondente bancário que oferece atendimento em estabelecimentos comerciais em horário diferenciado", informou o banco.

    Confronto com suspeitos de assalto

    Nesta quinta-feira (31), um confronto envolvendo suspeitos de crime e a Polícia Militar terminou com duas mortes. O caso aconteceu entre as cidades de Goianorte e Araguacema, também na região central do estado. Segundo as informações, equipes do Batalhão de Choque faziam patrulhamento na região à procura da quadrilha que tentou roubar um carro-forte no dia 24 deste mês, na mesma região.

    Os policiais viram dois homens em atitude suspeita. Para a PM, eles estariam tentando resgatar autores do roubo que podem estar escondidos num matagal. A polícia disse que os suspeitos reagiram à abordagem atirando nas equipes, que revidaram. Eles morreram no local.

    Por G1 Tocantins


    Imprimir