Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    27/11/2019

    Campanha de vacinação contra febre aftosa chega à reta final

    A segunda etapa da campanha antiaftosa que iniciou no dia 1º de novembro termina dia 30 com a estimativa de vacinar 4 milhões de animais

    O produtor rural precisa ficar atento ao prazo da vacinação e declaração do rebanho
    A segunda fase da campanha de vacinação contra a febre aftosa chega à reta final, o produtor rural tem até o dia 30 de novembro para vacinar os bovídeos (bovinos e bubalinos) de zero a 24 meses de idade contra a doença. Esta faixa etária envolve cerca de 4 milhões de animais, dos 8,5 milhões existentes. Além de vacinar, é preciso declarar o rebanho, mesmo àqueles que não têm a idade indicada na campanha.

    Para tanto, é necessário procurar a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) munido da nota fiscal da vacina e da carta-aviso preenchida até 10 dias após a compra do produto. “Mais uma vez esperamos alcançar alto índice vacinal, responsável por assegurar a sanidade animal, avanço no status sanitário e o crescimento da economia, pois abre novos mercados consumidores”, avalia o gestor do órgão, Alberto Mendes da Rocha.

    A multa para quem deixar de vacinar é R$ 5,32 por animal e para propriedade não declarada é R$ 127,69, além de outras sanções. Vale lembrar que, a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) só será efetuada mediante vacinação do rebanho, comprovação do ato, bem como a declaração dos rebanhos de diversas espécies existentes na propriedade rural. 


    Por: Dinalva Martins


    Imprimir