Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    01/11/2019

    Energisa prorroga prazo do recadastramento rural para 20/11

    Até agora, apenas 30% dos clientes rurais realizaram a atualização dos documentos. 


    Dos mais de 21 mil clientes que deveriam realizar o recadastramento rural até esta quinta-feira (31/10), apenas pouco mais de 6.400 compareceram às agências da Energisa no Tocantins. Por conta disso, a distribuidora de energia prorrogou o prazo até o dia 20/11/19. A atualização da atividade realizada pelo produtor rural é uma determinação do Governo Federal e é obrigatória para garantir descontos de até 90% na conta de luz. 

    “É importante aproveitar o prazo e garantir a manutenção do benefício. Os clientes devem apresentar a fatura de energia e documentos pessoais em mãos, além da documentação específica, que não é igual para todos, e varia de acordo com a classe do produtor”, explica Andrea Albernaz, coordenadora de Leitura da Energisa. 

    O recadastramento rural acontece em três etapas, dividido por regiões. Produtores rurais de 18 municípios que exercem atividades agrícolas, agropecuárias, de irrigação e aquicultura precisam atualizar seus dados cadastrais para garantir a continuidade do benefício. Os consumidores das cidades convocadas que não comparecerem para a atualização dentro do prazo perderão automaticamente o desconto. 

    Para obter outras informações, o cliente pode procurar uma das agências de atendimento da Energisa Tocantins, ligar no call center (0800 721 3330) ou ainda acessar o site recadastramentoenergisa.com.br

    Municípios que devem realizar o recadastramento em 2019: 
    • Formoso do Araguaia 
    • Peixe 
    • Miracema do Tocantins 
    • Dois Irmãos do Tocantins 
    • Taguatinga 
    • Babaçulândia 
    • Araguaçu 
    • Filadélfia 
    • Aragominas 
    • Divinópolis 
    • Araguaína 
    • Porto Nacional (Luzimangues) 
    • Araguatins 
    • Palmas (Taquaruçu do Porto e Buritirana) 
    • Guaraí 
    • Gurupi 
    • Paraíso do Tocantins 
    • Colinas do Tocantins 

    ASSECOM


    Imprimir