Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    20/11/2019

    MIRACEMA| Prefeitura e grupo PET/Saúde realizam roda de conversa com alunos

    ©RONYS ROCHA
    A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Programa de Educação pelo Trabalho (PET), vinculado ao Ministério da Saúde e em pareceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT) e com a Universidade do Tocantins (Unitins), realizou atividades na Escola Estadual Oscar Sardinha, nessa terça-feira, 19. A ação foi pautada pelos próprios alunos, que apresentaram suas dúvidas e temas de interesse relacionados à saúde e comportamento.

    Um dos objetivos do Projeto é realizar ações de cunho social e educacional na promoção da integração ensino-serviço-comunidade com foco no desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

    De acordo com informações da biomédica Erminiana Damiani de Mendonça Pereira, o projeto que está sendo desenvolvido em Miracema foi o único aprovado pelo Ministério da Saúde/Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, no estado do Tocantins.

    No projeto aprovado, existem vários eixos a serem trabalhados entre as instituições de ensino envolvidas e o serviço de saúde, como: Tecnologias e estratégias pedagógicas para promoção da educação interprofissional; Gestão na qualidade e atenção na saúde; Segurança do paciente; Reorientação dos projetos pedagógicos e Núcleo de formação docente na saúde.

    O grupo que compõe o eixo “Núcleo de formação docente” realizou o encontro com os alunos do 7º ano da escola Oscar Sardinha, cujo tema principal foi “Desafios da Adolescência”, mas também foi apresentado a Rede de apoio e de atenção à saúde do município de Miracema.

    Tutores e preceptores

    As professoras tutoras, da UFT, a enfermeira Juliana Bastoni da Silva e a biomédica Erminiana Damiani de Mendonça Pereira intermediaram o trabalho realizado na unidade de ensino. E as preceptoras da rede de saúde do município de Miracema, a enfermeira Maria Alice Alves P. Faria; a psicóloga, Brenda Rodrigues da Silva, ambas da Policlínica, e a enfermeira, Maria Edna Vieira Santana, da Unidade de Saúde Alaídes Nunes do Amaral também participaram da ação.

    São seis estudantes de três instituições diferentes que integram esse eixo: o graduando em Serviço Social, Igor Orlando Pereira de Sousa; a acadêmica de Nutrição, Stefanie Mauzoll Wetmann; o graduando em Medicina, Vivaldo Logrado Junior; a estudante de Enfermagem, Débora Dias Alves; o graduando em Educação Física, Bruno Ferreira Ribeiro; e os acadêmicos de Psicologia, Sarah de Oliveira Sousa e Matheus Barreira Silva.

    O Programa

    O PET-Saúde/Interprofissionalidade foi lançado pelo Ministério da Saúde, por intermédio da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação (SGTES), vigente no município, por meio da parceria da Secretaria Municipal de saúde de Miracema do Tocantins (Semus), Universidade Federal do Tocantins (UFT) e Universidade Estadual do Tocantins (Unitins).

    O Programa de Educação pelo Trabalho objetiva promover atividades integradoras em Saúde entre os estudantes da área da saúde, Instituições de Ensino Superior (IES) pública e profissionais da gestão e atenção à saúde da rede municipal e Estadual de saúde de Palmas e Miracema, visando desenvolver os processos formativos sociais e regionais de caráter interprofissional e consequente melhoria na qualidade da formação e da assistência prestada aos usuários do SUS.






    Por: Juliana Carneiro


    Imprimir