Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    22/11/2019

    MIRACEMA| Prefeitura promove 1º Sarau Intergeracional em comemoração do Dia da Consciência Negra

    ©DIVULGAÇÃO
    A Prefeitura de Miracema do Tocantins, por meio da Secretaria de Assistência Social e em parceria com o Centro de Referência de Assistência Social (Cras), realizou na noite dessa quinta-feira, 21, no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Pedro Pires de Castro, o 1º Sarau Intergeracional e também a exposição de artesanato e objetos antigos em comemoração do Dia da Consciência Negra.

    Além dos idosos, crianças e adolescentes, beneficiários do Cras, estiveram presentes servidores da administração pública, o prefeito Saulo Milhomem, a secretária de Assistência Social Laynnara Milhomem, o vereador Adilson do Correntinho e pessoas da comunidade em geral.

    O Sarau, que teve como lema “Quebrando as Correntes do Preconceito e Fortalecendo vínculo”, contou com apresentações teatrais, desfile, danças, jogos de capoeira e demais manifestações artísticas. Segundo a secretária de Assistência Social Laynnara Milhomem, “o objetivo do Sarau, além de fortalecer o vínculo entre beneficiário, servidores e comunidade, foi expor as manifestações culturais que de alguma forma receberam influência afrodescendente e que constituem a identidade cultural do nosso país.”, explicou a secretária.

    Para a aposentada e frequentadora do centro há 2 anos, dona Joaquina Ribeiro de Carvalho, de 66 anos, eventos como este geram expectativa em todos. “Estes momentos alegram o nosso dia, a sensação é maravilhosa! Uma das coisas que mais gostei, neste ano, foi poder ter ido ao cinema pela primeira vez, eu adorei”, ressaltou dona Joaquina.

    Opinião também compartilhada por Gonçalves Ribeiro Leitão, de 80 anos, mais conhecido como Gonçalinho. Ele frequenta o centro há 16 anos, e para ele todas as atividades desenvolvidas são importantes. “Não deixo de vir de jeito nenhum, sinto muito bem aqui, gosto de tudo e todos, mas o que mais me deixa feliz com certeza é poder dançar o meu forró, danço com todas, é sempre uma festa”, concluiu sorridente.








    Por: Juliana Carneiro


    Imprimir