Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    27/11/2019

    Saúde reúne prefeitos para alinhar ações de combate as arboviroses

    A reunião contará com a presença dos prefeitos de 25 municípios prioritários para alinhamento de estratégias para enfrentamento das arboviroses

    ©DIVULGAÇÃO
    As doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, Zika vírus, febre chikungunya e febre amarela lotam as unidades de saúde e trabalhar a prevenção é o melhor caminho. Para isso, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Gerência de Vigilância das Arboviroses (GVA), reunirá no dia 28, quinta-feira, às 8h30, prefeitos dos 25 municípios prioritários para o enfrentamento destas doenças. A “reunião de alinhamento e definição de estratégias para o enfrentamento das arboviroses no período epidêmico” ocorrerá no Anexo I da SES, edifício Lauro Konp, em Palmas.

    Para a gerente de Vigilância das Arboviroses (GVA), Christiane Bueno, o engajamento da estrutura governamental, principalmente no eixo saúde e a mobilização da sociedade no enfrentamento ao mosquito Aedes, traduzem-se nas ações mais eficazes de combate ao vetor. “É fundamental trabalhar com a promoção e prevenção no controle do vetor, principalmente com parcerias”, salientou.

    No dia 29, a equipe se reunirá com os setores da Saúde para alinhamento e definição de estratégias. Participam a Superintendência de Unidades Hospitalares Próprias; Superintendência de Políticas de Atenção à Saúde; Superintendência da Hemorrede do Tocantins; Diretoria de Atenção Primária; Diretoria de Atenção Especializada; Diretoria de Regulação e Diretoria do Laboratório Central de Saúde Pública - LACEN-TO.

    Municípios prioritários

    Ananás, Araguatins, Augustinópolis, Axixá do Tocantins, Tocantinópolis, Araguaína, Wanderlândia, Xambioá, Colinas do Tocantins, Colmeia, Guaraí, Pedro Afonso, Miracema do Tocantins, Miranorte, Palmas, Natividade, Porto Nacional, Paraíso do Tocantins, Alvorada, Araguaçu, Formoso do Araguaia, Gurupi, Peixe, Dianópolis e Taguatinga.
    ©DIVULGAÇÃO 

    Por: Laiany Alves/Governo do Tocantins


    Imprimir