Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    17/12/2019

    BRK Ambiental discute importância de hidrômetros com órgãos públicos de Dianópolis

    Em visita à concessionária, Procon, Vereadores e Líderes de Bairros conheceram o funcionamento dos equipamentos

    ©DIVULGAÇÃO
    A BRK Ambiental convidou neste mês de dezembro, os órgãos de fiscalização a uma visita técnica a concessionária para conhecerem o funcionamento dos hidrômetros utilizados em Dianópolis. Estiveram presentes representantes da Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor (PROCON), Vereadores e Líderes de Bairros de Dianópolis. 

    A concessionária não é a responsável pela fabricação dos medidores, que contabilizam o consumo de água dos imóveis e é primordial para que haja o consumo consciente de água tratada, para a preservação dos mananciais e meio ambiente, já que permite verificar exatamente quanto é consumido. Nele há um contador que registra a exata quantidade de água que entra pelas tubulações.

    Os hidrômetros são certificados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO), que recomenda a troca a cada cinco anos, em razão da vida útil do aparelho. Durante a visita à BRK Ambiental em Dianópolis, os representantes da comunidade puderam conhecer os medidores antigos e os novos, eles puderam constatar que os dois funcionam da mesma forma, com a diferença de que os que possuem mais de 5 anos estão deteriorados. 

    De acordo com o engenheiro da BRK Ambiental em Dianópolis, Orlei Tamanho, é importante apresentar os equipamentos e dialogar com o poder público. "A atualização dos medidores é necessária, ela não ocasiona alterações expressivas na conta de água, fatores como recebimento de visitas em casa e vazamentos nas instalações internas podem ocasionar a elevação do valor da fatura" conta o engenheiro. 

    A BRK Ambiental informa que a substituição do equipamento não gera custos adicionais aos clientes, seja referente ao novo medidor, cavalete ou recuperação de calçadas. Em caso de dúvidas, os clientes podem telefonar para 0800 6440 195 ou pelo site www.brkambiental.com.br.

    ASSECOM


    Imprimir