Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    19/12/2019

    FIETO traça perfil do setor industrial em pesquisa

    Publicação traça o perfil da indústria tocantinense.

    ©DIVULGAÇÃO
    Os principais tributos, atividades, gargalos, dados de exportação, importação e socioeconômicos em geral do segmento industrial no Tocantins foram compilados no Perfil Econômico da Indústria do Tocantins divulgado nesta quinta-feira, 19/12, no site www.fieto.com.br (link Estudos e Pesquisas). O documento reúne dados de órgãos como a Secretaria Estadual de Planejamento, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Ministério do Trabalho e Confederação Nacional da Indústria (CNI) a partir de 2018.

    "A tomada de decisão no mundo empresarial depende primordialmente de informações corretas e confiáveis. É isso que a Federação das Indústrias do Estado do Tocantins oferece no Perfil Econômico da Indústria do Tocantins”, afirmou o presidente da FIETO, Roberto Pires. 

    Os dados mostram, por exemplo, que a Agroindústria representa 15% do PIB industrial e é crescente. A indústria de alimentos (frigoríficos, panificação, laticínios e beneficiamento de arroz) foi o segmento industrial que mais cresceu entre 2007 e 2016: 4,6 pontos percentuais.

    Os componentes mais importantes da indústria são a Construção Civil (39%) e os Serviços Industriais de Utilidade Pública – SIUP (37%), que englobam concessionárias de energia e água, seguido da Indústria de Transformação (22%). A Indústria Extrativa tem pouca expressão com representação e apenas 2%.

    O número total de indústrias no Tocantins, segundo a pesquisa, é de 2.666 unidades sendo que 77% delas estão concentradas em 12 municípios – a maioria na zona de influência da Rodovia Belém/Brasília. O Perfil Econômico da Indústria disponibiliza ainda informações sobre a geração de empregos, obstáculos ao desenvolvimento, média salarial dos trabalhadores do segmento, volume de exportação e importação, dados sobre a matriz energética, entre outros. "Com essas informações dispostas de maneira simples e eficaz, a FIETO oferece aos empresários, sociedade acadêmica e toda população um importante instrumento de análise de mercado, cumprindo sua missão que é criar um ambiente favorável para o desenvolvimento econômico do Tocantins", reforça Roberto Pires.

    ASSECOM


    Imprimir