Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    14/12/2019

    Recanto das Araras: presente de Natal antecipado para 500 famílias da Capital

    ©DIVULGAÇÃO 
    Uma manhã de realização de sonhos para as famílias palmenses. É que neste sábado, 14, a Prefeitura de Palmas, em parceria com o Governo Federal, entregou 500 casas no Recanto das Araras, na região Sul da Capital.

    Cerca de 1500 pessoas compareceram no Residencial Recanto das Araras I para receberam das mãos da prefeita Cinthia Ribeiro a chave das 500 unidades habitacionais, referentes à primeira etapa do empreendimento. As outras quinhentas unidades estão em construção e cerca de 80% já em fase de acabamento.

    Para a prefeita Cinthia Ribeiro é inexplicável o sentimento. “A minha palavra para vocês hoje é gratidão. Gratidão por todos vocês que acreditaram, que confiam em nosso trabalho, em uma gestão séria e comprometida com bem-estar das famílias. O maior sonho do brasileiro é possuir sua casa própria, e podermos entregar nessa manhã à essas famílias é motivo de gratidão e alegria”. Segundo ela, o empreendimento é fruto de várias mãos que possuem o mesmo objetivo: cuidar das famílias gerando qualidade de vida e dignidade.
    ©DIVULGAÇÃO
    "Estamos cumprindo nossa palavra. Fizemos um grande esforço para que vocês (moradores) recebessem suas casas antes do Natal, e agora poderão celebrar as festas de final de ano com muita alegria”, disse, acrescentando que como gestora da Capital tem o compromisso de cuidar da população e por isso o Recanto das Araras terá um CMEI para que as crianças tenham um lugar especial onde possam ser cuidadas enquanto seus pais trabalham.

    Ao falar em nome da Caixa, a superintendente Silvana Martins Melo citou a Declaração Universal dos Direitos Humanos que traz a moradia como um direito de todos e afirmou que a instituição cumpre seu papel social. “De forma extraordinária e com orgulho ajuda a viabilizar o sonho dessas famílias". Ao se dirigir à prefeita, Silvana Melo disse que o município continua contando com o apoio da Caixa. Ela conclamou aos beneficiários a cuidar do patrimônio que receberam e a se organizarem para pagar as prestações em dia, para que esses recursos possam ajudar outras famílias.

    Ao destinar a emenda impositiva no valor de R$ 2 milhões e 117 mil para a construção de um CMEI no Residencial Araras, a deputada Dorinha disse que atende um pedido da prefeita Cinthia Ribeiro, que segundo destacou, tem colocado educação, a saúde e o bem-estar social como prioridades.

    Dorinha destinou cerca de R$ 10 milhões no orçamento de 2020 para obras no Município de Palmas. "A prefeita tem administrado com grande carinho, cuidado e responsabilidade, por onde andamos podemos ver obras e o cuidado com as famílias. Esse é o perfil dessa mulher, que podia estar cuidando da sua vida e família, mas está aqui cuidando do próximo, demonstrando respeito pelas pessoas”.

    Para a nova moradora do Recanto das Araras, Arlene Bispo da Silva, 43 anos, mãe do Pedro, solteira, moradora de Palmas há 14 anos, receber a casa é motivo de muita felicidade. Desempregada há um ano, tem se sacrificado com serviços de faxina para dar conta do aluguel e colocar comida em casa. "É um sonho realizado porque desde 2008 faço cadastro para a casa própria. Já tinha desistido, mas o pessoal da secretaria (Habitação) me disse para renovar a cada seis meses, e graças a Deus não desisti”, comentou. "Estou apaixonada pelo lugar e é uma nova vida. Que Deus nos abençoe, seremos muito felizes aqui”, concluiu.

    O senhor Sinval Pinheiro Rosa, 70 anos, viúvo, foi o primeiro morador a receber a chave das mãos da prefeita. Vivendo apenas da aposentadoria, disse ser muito difícil pagar o aluguel. “Desde que fiquei viúvo moro sozinho e receber essa casa é muito bom. Estou feliz demais e vou passar o Natal na minha casa graças à prefeita Cinthia e essa equipe maravilhosa”, destacou.

    Recanto das Araras

    Localizado na saída de Taquaralto a Taquaruçu, o Residencial Recanto das Araras I faz parte do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), com investimento na ordem de R$ 38 milhões. O empreendimento do MCMV é executado pelo Governo Federal, por meio da Caixa, e a Prefeitura de Palmas indica as famílias a serem beneficiadas.

    Vale lembrar que a seleção foi feita por meio de sorteio da Loteria Federal, no dia 04 de abril de 2019, e teve a participação de mais de 17 mil famílias inscritas no Cadastro Municipal de Habitação. Os novos mutuários terão 120 meses (10 anos) para quitar o imóvel. Dependendo da renda familiar, até o limite de R$ 1,8 mil, as prestações oscilam entre R$ 80 e R$ 270, corrigidos anualmente pela Taxa Referencial (TR).

    SECOM


    Imprimir