Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    30/01/2020

    MIRANORTE| Professores da rede municipal de ensino participam de formação sobre a Base Nacional Comum Curricular, Gestão e Produtividade na Educação Pública

    ©DIVULGAÇÃO
    O Instituto Tocantinense de Assessoria, Consultoria e Capacitação (Itac), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Prefeitura de Miranorte, finalizou nesta quinta-feira, 30, duas formações continuadas, iniciadas na quarta-feira, 29, para os profissionais da rede municipal de Ensino do município, com o seguinte tema: Base Nacional Comum Curricular (BNCC) na Prática, Gestão da Mudança e Produtividade na Educação Pública. As formações aconteceram simultaneamente e para públicos diferentes, mas ao mesmo tempo convergentes, já que os subtemas foram trabalhados no âmbito da BNCC. 

    Uma voltada para os técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Semed), auxiliares de Serviços Gerais (ASG), merendeiras, vigias, secretários das unidades escolares e demais servidores da Educação. Segundo a professora palestrante, Simone Aline Abranches Machado, de Minas Gerais, as técnicas e dinâmicas apresentadas aos educadores busca desenvolver as competências do Método 8 Cs, a educação financeira, a qualidade de vida no trabalho, além da inteligência emocional e relacional. 

    “Essa formação busca incentivá-los e sensibilizá-los sobre a importância do papel de cada profissional dentro da comunidade escolar. O trabalho em equipe e de qualidade é essencial para obter resultados eficazes”, enfatizou a educadora. 

    Para a pedagoga do município há 22 anos, Maria Vilma Castelo Branco de Abreu, monitora na Creche Municipal de Tempo Integral Criança Esperança, “o tema é interessante e a metodologia interativa colabora muito para a troca de experiências e para a autoavaliação do trabalho”. 

    Já a outra formação foi direcionada aos professores, diretores, coordenadores, orientadores e aos monitores da educação infantil ao ensino fundamental I e II da Semed, com o objetivo de gerar conhecimento quanto às possibilidades de trabalhar a BNCC na prática, bem como evidenciar as necessidades de mudanças no comportamento dos educadores, dos alunos e das famílias na busca de resultados positivos. 

    Na perspectiva da consultora e assessora em gestão escolar, professora Vilma Lúcia Silva Neves, do Rio Grande do Norte, “a BNCC é muito importante porque busca eliminar a fragmentação da educação no Brasil. Dessa forma, as diretrizes nacionais colaboram para que, ao menos 70% do que alunos aprendam, faça parte da base comum curricular em qualquer lugar do país. Os outros 30% são de autonomia, como por exemplo, as referências culturais e históricas de cada região”. 

    Para o professor de história da Escola Municipal São José, Gilvan Carvalho da Silva, educador há 27 anos, destes, 18 no município, a formação foi interessante por esboçar objetivamente o que é a BNCC. “Estamos tendo a possibilidade de entender de forma bem clara a proposta da BNCC, quanto às competências da escola, dos educadores e perceber que as mudanças foram necessárias para facilitar e melhorar o processo de ensino aprendizagem”, frisou o professor. 

    De acordo com o Diretor Presidente da Itac, Arnoldo Ribeiro de Miranda Filho, “a formação trouxe técnicas e métodos eficazes para que os servidores públicos da área da Educação possam potencializar seus resultados, utilizando-se de autoconhecimento, espírito de inovação e liderança, mesmo dentro de um trabalho em equipe, que seja capaz de impulsionar o desenvolvimento não só da vida profissional como da vida pessoal também”.











    ASSECOM


    Imprimir