Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    13/02/2020

    MIRACEMA| Unidades de Saúde do Município recebem ações do Programa PET-Saúde/Interprofissionalidade

    ©RONYS ROCHA
    O Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde PET-Saúde Interprofissionalidade promoveu na manhã da terça-feira, dia 11, ações de intervenção junto à população e aos servidores em quatro Unidades Básicas de Saúde(UBS) e na Policlínica. No período da tarde, os integrantes do projeto se reuniram com os trabalhadores das unidades de Saúde para uma discussão e avaliação da atividade, no auditório do campus Cerrado da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

    Os temas abordados acompanharam o perfil epidemiológico de cada unidade: na UBS Alaídes: Gravidez na Adolescência e Violência; na UBS Correntinho: Hipertensão e Diabetes; na UBS Filomena: Hanseníase; na UBS Raimundo Bela: Violência e Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e na Policlínica: Acolhimento.
    ©RONYS ROCHA
    A ação interprofissional realizada nos pontos de atenção foi realizada pelos integrantes do Projeto: acadêmicos dos cursos de graduação da UFT e Unitins (medicina, enfermagem, serviço social, psicologia, nutrição e educação física), preceptores (trabalhadores dos diversos pontos de atenção da Atenção Básica de Miracema e do Hospital Geral de Palmas) e tutores (professores da UFT e Unitins).

    O PET-SAÚDE/Interprofissionalidade foi lançado pelo Ministério da Saúde, por intermédio da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação (SGTES). O PET-Saúde/Interprofissionalidade/UFT/UNITINS/SMS é fruto da parceria da Secretaria Municipal de Saúde de Miracema com a UFT e UNITINS, foi um dos 188 projetos inscritos no país e foi o único aprovado no Estado do Tocantins.

    O PET tem como pressuposto a educação pelo trabalho caracterizando-se como instrumento para a qualificação em serviço dos profissionais da saúde, bem a iniciação ao trabalho e vivências direcionadas aos estudantes dos cursos de graduação na área da saúde, de acordo com as necessidades do Sistema Único de Saúde.

    O PET-Saúde/Interprofissionalidade constituindo-se, hoje, como uma das principais estratégias de indução de mudanças nos processos de formação profissional, visando, dentre outras coisas, a adequada formação dos profissionais e trabalhadores de saúde, por meio da reorientação da formação profissional na graduação em saúde, de acordo com as necessidades do SUS e Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN).

    A Educação Interprofissional (EIP) tema da atual edição do PET, consiste em uma abordagem reconhecida pela Organização Mundial da Saúde com comprovada capacidade para melhorar a qualidade dos sistemas de saúde, tornando os serviços de saúde mais resolutivos, a partir do desenvolvimento de práticas profissionais mais colaborativas.

    O PET-Saúde/Interprofissionalidade faz parte do conjunto de atividades previstas no plano de ação do Brasil para implementação da EIP, conforme chamado feito pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) no ano de 2016.









    ASSECOM
    Fotos: Ronys Rocha e Equipe PET-Saúde


    Imprimir