Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    10/03/2020

    Caminhoneiro é eletrocutado após caçamba atingir rede elétrica em Palmeirante

    Acidente foi após o homem descarregar grãos e erguer a caçamba do veículo para a limpeza. Corpo foi levado para o IML de Colinas do Tocantins.

    Caminhoneiro foi eletrocutado em Palmeirante — Foto: Divulgação
    Um caminhoneiro de 39 anos, que ainda não teve o nome divulgado, morreu na manhã desta terça-feira em Palmeirante, no centro norte do estado. Ele não percebeu que a caçamba do próprio veículo tinha encostado na rede elétrica quando foi erguida e acabou sendo eletrocutado ao tocar na lataria.

    A vítima tinha acabado de descarregar uma carga de grãos no pátio multimodal de uma das empresas que atuam na região através da Ferrovia Norte-Sul. A Polícia Civil informou que ele fazia um serviço conhecido como 'basculamento', quando a caçamba é erguida para retirar os excessos de grãos no veículo.

    A Polícia Científica esteve no local e fez uma perícia para que seja aberta uma investigação sobre as causas do acidente. O corpo do motorista foi levado para o Instituto Médico Legal em Colinas do Tocantins. O G1 tentou contato com o IML para confirmar a identidade da vítima, mas os telefonemas não foram atendidos.

    A informação inicial é de que ele trabalhava para uma empresa de transporte de grãos com sede no Paraná que realiza entregas do produto em todo o país.

    Outro caso

    Este é o segundo caso de pessoa eletrocutada no Tocantins em menos de 24 horas. Na noite desta segunda-feira (9), Ana Gabriela Costa Silva, de 15 anos, morreu após levar um choque em uma extensão de energia. O caso foi registrado pela Polícia Militar em uma fazenda na zona rural de Ananás.

    O namorado da vítima informou para a PM que a jovem estava deitada em uma cama e levantou para pegar o celular e acabou pisando na extensão ligada a rede elétrica.

    Ela levou o choque e caiu no chão. Ainda segundo a polícia, o namorado relatou que puxou a extensão da tomada e ainda tentou reanimar a jovem. O serviço de saúde do município foi chamado, mas quando a enfermeira chegou ao local apenas constatou a morte da adolescente.

    Por G1 Tocantins


    Imprimir