Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    09/03/2020

    CAPITAL| Viver SUS: Novos residentes conheceram de perto o SUS em Palmas


    ©DIVULGAÇÃO
    Questionados sobre a participação no Projeto Viver SUS, promovido pela Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp) nos dias 05 e 06 de março, a grande maioria dos profissionais de saúde residentes que participaram disse ter vivido dois dias intensos, de novas descobertas, trocas de saberes e de muito aprendizado.

    O destino cada um deles foi visitar os espaços de saúde da Capital para conhecer de perto os cenários de práticas da especialização na área da saúde. Acompanhados dos coordenadores, preceptores, tutores, integrantes da equipe técnica da Fesp, os novos residentes foram acolhidos nas unidades de saúde, onde tiveram a oportunidade de acompanhar a rotina de trabalho dos colegas da saúde e também os serviços que são oferecidos ao usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) de Palmas.

    Em visita ao Ambulatório Municipal de Atendimento à Saúde (Amas) o grupo que a médica veterinária, Carolina Rodrigues de Oliveira, participava disse que não imaginavam que o município dispunha de estrutura de saúde tão estruturada, como o espaço do Amas. “Eu ainda não tinha conhecido essa unidade. Passamos por todas as salas, conhecemos os profissionais e como atuam aqui. Fiquei impressionada e satisfeita com tantas especialidades que são oferecidas neste espaço, além do serviço e o atendimento que é ofertado para toda a população”, observou a residente.

    Lucas Justino que coordenou toda a programação do Viver Sus, conta que foram dois dias de muito envolvimento por parte dos trabalhadores do SUS, dos residentes veteranos, dos acolhidos e de toda equipe da Fesp. “Vimos um SUS ativo, humanizado, com desafios a serem superados, mas principalmente desejo de continuar a assistência a toda população SUSdependente”, disse lembrando que durante os dois dias os residentes de vários lugares do País, que irão permanecer nos próximos dois anos na rede de saúde irão vivenciar a realidade do SUS em Palmas e dialogaram pluralmente sobre uma saúde equitária, integradora e multifuncional.

    Viver SUS

    Na programação do Viver SUS, os residentes foram divididos em grupos para que juntos realizasse as visitas às unidades de saúde de Palmas. Seguindo o cronograma Projeto, eles conheceram os Centros de Saúde da Comunidade (CSCs), Ambulatório Municipal de Atendimento à Saúde (Amas), Centro de Apoio Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD III), Crefisul, Unidades de Pronto Atendimento Norte e Sul (Upas), Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UVCZ), entre outras unidades importantes da rede.

    Ao final do evento, todos se reuniram novamente na sede da Fesp, para compartilhar as experiências vividas nos dois dias.






    SECOM/Fesp


    Imprimir