Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    14/04/2020

    ARAGUAÍNA| Dimas anuncia ampliação de testes para Covid-19 da população em locais públicos

    Previsão é de que os testes iniciem já na próxima semana em locais públicos, por amostragem. Análises serão realizadas no laboratório da Universidade Federal do Tocantins

    Anúncio foi feito durante reunião on-line com representantes de 22 instituições para avaliar as medidas adotadas contra a doença no Município ©Marcos Sandes
    O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, realizou nessa segunda-feira, 13, mais uma reunião com representantes de 22 instituições de diversos segmentos sociais, de saúde, segurança e economia. No encontro feito on-line, o prefeito anunciou a ampliação da realização de testes para Covid-19 da população. A previsão é de que os exames iniciem já na próxima semana em locais públicos, por amostragem, com análises realizadas no laboratório da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

    O encontro ainda serviu para avaliar as medidas preventivas adotadas contra a doença no Município e ouvir sugestões para o avanço nas estratégias de combate. “Muito importante essa oportunidade de poder dar esse feedback do trabalho que vem sendo realizado em Araguaína, como também é muito positivo para esclarecer dúvidas e ouvir novas sugestões”, destacou Dimas.

    Realização de testes

    Segue avançado o processo de estudo e pesquisa para o início da realização do diagnóstico molecular, pelo método de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR), único que identifica a doença nos primeiros dias de infecção. A previsão é de que a Prefeitura, em parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT) e o laboratório Analisys, comece a testar os exames a partir da próxima semana.

    “Hoje é muito importante, para um controle epidemiológico, saber se as pessoas, em Araguaína têm o vírus ou não, por meio do exame de PCR qualitativo, forma que estamos estudando para realização aqui na cidade. Precisamos do auxílio do laboratório público do estado que, por meio do confronto de resultados, nos ajudará a validar o teste em desenvolvimento”, explicou o professor doutor em microbiologista da escola de Medicina Veterinária e Zootecnia da UFT, José Carlos Ribeiro Júnior.

    Ainda de acordo com o professor, as primeiras experiências de otimização para a realização do teste serão iniciadas neste fim de semana, com a chegada dos reagentes. Nesta primeira etapa, o trabalho será feito com o RNA do vírus. A próxima fase será a de validação do teste, por meio da comparação com os já realizados pelo laboratório estadual. Com os testes validados, será iniciado o processo de testes por amostragem da população.

    Quantidade de leitos

    De acordo com a atualização, o Município já tem disponíveis 22 leitos para o recebimento de pacientes em estado de leve a moderado de Covid-19, conforme pactuação com o Governo do Estado.

    São 10 leitos no Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT- UFT) para atendimento clínico de casos com sintomas leves, 6 leitos na Unidade de Pronto Atendimento de Araguaína (UPA), desses 1 possui respirador com capacidade para transportar o paciente e 5 com suporte ventilatório para o recebimento de casos moderados da doença; outros 2 leitos estão disponíveis no Hospital Municipal (HMA).

    A previsão é de os 10 leitos em fase de instalação no Hospital Regional de Araguaína (HRA) estejam prontos até esta quarta-feira, 15, segundo estimativa da Secretaria Estadual de Saúde. No Hospital e Maternidade Dom Orione o funcionamento dos 10 leitos deve começar até a próxima semana.

    Para a instalação de 15 leitos na Unidade de Pronto de Atendimento (UPA) da Vila Norte, com respiradores, o Instituto Saúde e Cidadania (ISAC) contratado para gerenciamento, operacionalização e execução do plano emergencial de combate à covid-19, iniciou as negociações para aquisição do equipamento necessário.

    Outras ações

    A Prefeitura segue com o trabalho de força-tarefa nas ruas da cidade para garantir o cumprimento das medidas de segurança e controle do vírus, conforme orientado pelas medidas municipais. Além disso, também estão continua, de forma positiva, o atendimento social a população em situação de vulnerabilidade em função dos impactos provocados pela pandemia do coronavírus.

    Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social, mais de 8 mil cestas básicas já foram entregues até o momento, além da assistência a moradores de rua e outras ações.

    “Seguiremos com a discussão em relação as atividades comerciais em Araguaína, avaliando os nossos números de casos da doença, que por enquanto seguem controlado e também o impacto que o fechamento de alguns estabelecimentos e serviços tem provocado, vamos analisar juntos e ver a melhor proposta para quem sabe adotarmos regras menos drásticas”, concluiu o prefeito.

    Casos confirmados

    De acordo com o boletim informativo da Secretaria Municipal da Saúde, até esta segunda-feira, 13, havia sido registrado o total de 98 casos suspeitos, 300 casos descartados e 5 pessoas confirmadas para o Covid-19, já que um dos casos foi diagnosticado apenas como Influenza.

    A cidade segue com um caso confirmado, já que quatro pacientes com diagnóstico positivo já estão curados da doença.

    Por: Adriana Santana


    Imprimir