Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    05/04/2020

    João de Deus é espancado na cadeia, diz revista Veja

    ©REPRODUÇÃO
    O médium João de Deus está preso desde dezembro de 2018 após uma série de acusações de abusos contra as suas pacientes espirituais. Vários famosos e artistas frequentavam o local onde fazia as suas orações, no interior de Goiás. Novas informações apuradas pela revista Veja apontam que o idoso de 77 anos está sofrendo agressões e maus tratos dentro do presídio.

    Por causa de sua idade, João de Deus foi transferido para prisão domiciliar na última semana. Ele está no grupo considerado de risco para o coronavírus, e desde a prisão apresentou uma série de problemas de saúde, necessitando de constantes visitas aos hospitais. No total, suas condenações somam mais de 60 anos de prisão, sendo que novos casos seguem em investigação.

    A reportagem da revista Veja teve acesso a um laudo médico. O documento está sendo utilizado pelos seus advogados de defesa para comprovar as violências que João de Deus está sofrendo dentro da cadeia. Os ferimentos foram descritos como “lesão na face, localizada na pálpebra inferior direita, causada por instrumento contundente”.

    A matéria cita ainda trechos do que foi dito pela Conselho da Comunidade de Execução Penal de Aparecida de Goiânia. A entidade diz que João de Deus relatou recentemente um soco que havia sofrido no rosto .

    Ao narrar o fato diante de agentes penitenciários, o médium mudou a versão, dizendo que os ferimentos foram decorrentes de uma queda que havia sofrido do alto de sua cama. As novas declarações teriam sido alteradas diante do temor de sofrer represálias. As agressões teriam ocorrido no último mês.


    Por: Henrique Furtado


    Imprimir