Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    16/05/2020

    CAPITAL| Prefeitura decreta ponto facultativo por 13 dias em Palmas

    Ponto facultativo vale para os dias 18 e 19 e 21 a 31 deste mês. Órgãos poderão convocar servidores se houver necessidade.

    Prefeitura de Palmas decreta ponto facultativo ©Luciana Pires/Prefeitura de Palmas
    A Prefeitura de Palmas decidiu tomar várias medidas, nesta sexta-feira (15), em função da pandemia. Proibiu o consumo de bebidas alcoólicas, determinou o fechamento de pontos turísticos e a abertura de feiras livres. Além disso, decidiu decretar ponto facultativo para os servidores municipais nos dias 18 e 19, e ainda entre 21 e 31 deste mês. Se for necessário, os servidores poderão ser convocados.

    O decreto foi publicado no Diário Oficial desta sexta. Conforme o texto, a medida foi tomada considerando que o isolamento social é medida preventiva de grande eficácia para minimizar a disseminação da Covid-19 entre a população.

    Conforme o texto, o ponto facultativo não se aplica aos servidores:
    • da Secretaria Municipal da Saúde, incluindo os setores administrativos e demais equipamentos de saúde, que deverão cumprir o expediente ou plantão normalmente;
    • do administrativo da sede da Secretaria Municipal da Educação;
    • da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social;
    • da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Humano;
    • da Ouvidoria e do Controle Interno;
    • da Superintendência de Compras e Licitações da Secretaria Municipal de Finanças;
    • ao funcionamento dos demais serviços essenciais, tais como: zeladoria, limpeza urbana e coleta de lixo, manutenção de vias urbanas e rurais, aterro sanitário, iluminação pública, cemitério, segurança, fiscalização e orientação de trânsito e de posturas.
    Conforme o decreto, os dirigentes dos órgãos vão indicar os serviços que deverão funcionar, além destes já mencionados e vão definir o regime de escala, plantão ou sobreaviso, para garantir a continuidade das atividades.

    Por G1 


    Imprimir