Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    26/05/2020

    Deputado Jair Farias preside reunião da CCJ e no plenário aprova pedido de implantação de serviço de hemodiálise em Augustinópolis

    ©DIVULGAÇÃO 
    A terça-feira, dia 26, foi movimentada na Assembleia Legislativa (AL) com a realização de sessões ordinária e extraordinária. A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) também se reuniu para apreciar projetos de leis dos parlamentares. A reunião foi presidida pelo deputado Jair Farias (MDB), vice-presidente da CCJ, em função da ausência do presidente da comissão, deputado Ricardo Ayres (PSB), que testou positivo para a Covid-19 e está em isolamento.

    Na sessão ordinária, o plenário aprovou um requerimento do deputado Jair Farias que pede a viabilidade de implantação do serviço de hemodiálise na cidade de Augustinópolis. O deputado quer facilitar o atendimento aos pacientes que moram na região do Bico do Papagaio. “Temos pacientes que viajam até seis horas para fazer o tratamento, somente os mais debilitados são encaminhados para Imperatriz, mesmo assim faltam vagas”, justifica Jair Farias.
    ©DIVULGAÇÃO
    Outros quatro requerimentos do parlamentar também foram aprovados. O deputado solicitou o recapeamento, com sinalização horizontal e vertical da rodovia TO-404, trecho que liga o município de Praia Norte ao povoado Itaúba, com ciclovia nos perímetros urbanos e pista para caminhada. O mesmo serviço foi solicitado para o trecho que liga Augustinópolis ao povoado Itaúba, bem como para a TO-403, no trecho entre o município de Sampaio ao povoado Itaúba.

    Jair Farias também solicitou a manutenção da TO-336, no trecho que liga os municípios de Colmeia e Pequizeiro. 

    Covid-19 no Bico

    Durante a sessão ordinária, Jair Farias fez uso da palavra quando demonstrou sua preocupação com o crescimento dos casos do novo coronavírus nos municípios do Bico do Papagaio. Jair Farias começou a fala cumprimentando a bancada federal do Tocantins, em nome do senador Eduardo Gomes (MDB) e dos deputados federais Carlos Gaguim e Eli Borges que articularam a liberação de recursos ao Tocantins para o combate à covid-19 e estruturação das unidades de atenção especializada de saúde. “Foi depositado ontem na conta do Fundo Estadual de Saúde do Estado do Tocantins R$ 31 milhões 379 mil 590, portanto deixo meus agradecimentos à bancada federal”, frisou.

    Em seguida, o parlamentar teceu comentários sobre a situação preocupante de avanço do coronavírus na região do Bico. “Entramos numa situação que é um verdadeiro colapso”, afirmou. “A cidade de Augustinópolis já não está mais recebendo os pacientes provenientes dos outros municípios”, observou o parlamentar. “Ontem, através de um comunidade da direção do hospital aos municípios de São Miguel, Itaguatins e Buriti foram comunicados que eles mesmos que terão que fazer o encaminhamento de seus pacientes para os hospitais de Araguaína”, revelou.

    “Nós sabemos que existe uma pactuação dos municípios com o Estado e a média e alta complexidade é obrigação do Estado do Tocantins, peço aqui a sensibilidade do secretário de Saúde do Estado, Edgar Tollini, e toda sua equipe para que possam urgentemente equipar melhor o Hospital de Augustinópolis, principalmente com a chegada desses recursos, para que o nosso povo do Bico do Papagaio não fique nessa situação de calamidade”, ressaltou. “Portanto fica aqui meu apelo para que seja feito algo urgente para atender o nosso povo sofrido do Bico do Papagaio”.

    ASSECOM


    Imprimir