Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    14/05/2020

    Governador Carlesse determina às forças de segurança que intensifiquem fiscalização nos municípios visando diminuir casos da Covid-19

    Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Segurança Pública devem atuar de forma ainda mais incisiva para garantir o cumprimento do decreto que institui o distanciamento social ampliado

    Forças de segurança do Tocantins vão intensificar as ações de fiscalização aos decretos estaduais e municipais que visam diminuir a propagação da Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus
    As forças de segurança do Tocantins vão intensificar as ações de fiscalização aos decretos estaduais e municipais que visam diminuir a propagação da Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus. A determinação do governador Mauro Carlesse é para que os dirigentes máximos da Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) atuem de forma ainda mais incisiva no sentido de garantir o distanciamento social ampliado, exigindo que a população permaneça em casa, restringindo ao máximo o contato entre as pessoas. A determinação para o reforço neste protocolo de segurança foi encaminhada nesta quinta-feira, 14.

    “Nós já estamos apoiando os municípios e fiscalizando o cumprimento dos decretos que publicamos, mas diante do aumento no número de casos percebemos a necessidade de intensificar ainda mais estas ações. Vamos avaliar onde podemos fortalecer esta rede de proteção e, assim, empreender mais esforços no sentido de diminuir a propagação da doença”, destacou o governador do Tocantins, Mauro Carlesse.

    Desde o início da pandemia do novo Coronavírus, o Tocantins tem se destacado por tomar decisões ágeis e assertivas que levam em consideração dados e evidências apresentadas pelas autoridades de saúde. O Estado está entre os que apresentam menor número de casos diagnosticados de Covid-19 e menor taxa de óbitos.

    Decretos

    Dentre os decretos publicados pelo governador do Tocantins, Mauro Carlesse, com vistas a minimizar o número de pessoas infectadas pelo novo Coronavírus no Estado estão o que determina a obrigatoriedade do uso de máscaras em todo o Tocantins; proibição de eventos e reuniões de qualquer natureza em que ocorra aglomeração de pessoas; a suspensão de visitas aos custodiados no Sistema Prisional e Socioeducativo; a proibição de visitas aos parques estaduais, às Unidades de Conservação (UCs), ao Palácio Araguaia e ao Museu Palacinho, em Palmas; a suspensão de todas as atividades educacionais nos estabelecimentos públicos e privados; a suspensão de atividades em praças esportivas sob a gestão do Poder Público Estadual ou de propriedade deste. O Governador também declarou estado de calamidade pública no Tocantins.

    Além dos decretos editados pelo Governo Estadual, os municípios também publicaram normas que visam proibir aglomerações de pessoas em locais públicos, determinando, entre outros, o fechamento de shoppings, bares e praças.
    Forças de segurança do Tocantins vão intensificar as ações de fiscalização aos decretos estaduais e municipais que visam diminuir a propagação da Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus


    Por: Sara Cardoso


    Imprimir