Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    10/05/2020

    PANDEMIA| Brasil registra 496 mortes por Covid-19 em 24h; total de vítimas chega a 11.123

    ©REPRODUÇÃO
    O Brasil registrou 496 mortes por Covid-19 entre sábado (9) e domingo (10), informou o Ministério da Saúde. O total de vítimas fatais da doença chegou a 11.123.

    Em 24 horas, foram contabilizadas mais 6.760 pessoas infectadas com o novo coronavírus, totalizando 162.699 casos confirmados no país.

    São Paulo continua sendo o estado com o maior número de vítimas fatais da Covid-19, com 3.709 mortes. Depois vêm Rio de Janeiro (1.714), Ceará (1.114), Pernambuco (1.047) e Amazonas (1.004).

    São Paulo também tem o maior número de casos confirmados, com 45.444 pessoas diagnosticadas com a doença, seguido por Rio de Janeiro (17.062), Ceará (16.692), Pernambuco (13.275) e Amazonas (12.599).

    As maiores taxas de incidência da Covid-19 por 1 milhão de habitantes -- ou seja, o número de casos por milhão de pessoas -- estão no Amapá (3.090), Amazonas (3.040), Roraima (2.130), Ceará (1.828) e Acre (1.641).

    O número de mortes confirmado neste domingo diz respeito aos registros feitos entre ontem e hoje, independentemente da data em que tenham ocorrido. A demora na realização de exames e na obtenção dos resultados dos mesmos pode fazer com que a confirmação da causa da morte por Covid-19 demore semanas.

    Os números divulgados diariamente pelo Ministério da Saúde refletem os casos registrados entre os boletins pelas secretarias estaduais de Saúde. Oscilações nos números também são influenciadas por outros dois fatores: a capacidade de testagem e a própria rotina de trabalho das secretarias.

    De acordo com o ministério, os números podem ser influenciados pela resolução concentrada de diagnósticos e por feriados e finais de semana, que afetam a equipe disponível para que as secretarias processem as informações. 

    Entre terça (5) e sábado (9), houve o registro, em média, de 661 mortes por dia. Na sexta (8), pela primeira vez o Brasil contou mais de 700 vítimas fatais da Covid-19 em 24 horas (751 óbitos).


    Da CNN, em São Paulo

    Imprimir