Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    14/05/2020

    Sebrae, Faciet e SICS discutem desafios e soluções aos empresários tocantinenses

    A transmissão ao vivo ocorreu nas redes sociais do Sebrae Tocantins

    ©REPRODUÇÃO
    Na tarde desta quinta-feira, 14, o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae (CDE), Rogério Ramos conduziu mais uma live sobre desafios e soluções para empresários tocantinenses. A transmissão ao vivo nas redes sociais do Sebrae, contou com a participação do secretário estadual da Indústria, Comércio e Serviços do Tocantins (SICS), Tom Lyra, e o presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Tocantins (Faciet), Fabiano do Vale.

    Durante a discussão, Tom Lyra, apresentou dados da realidade local em relação à propagação do novo Coronavírus e as linhas de crédito oferecidas pelo governo, por meio da Agência de Fomento destinadas às micro e pequenas empresas. Lyra ainda avaliou a situação da crise causada pela pandemia e os impactos causados no setor industrial, comercial, de turismo e cultura do Tocantins. “Ninguém está sabendo bem o que fazer e nós, como líderes, temos que dar o caminho. O Governo do Estado vem trabalhando para que possamos passar por esta tempestade de forma equilibrada”, afirmou.

    Fabiano do Vale, explicou que a prorrogação de impostos e a transformação digital foram as principais medidas para enfrentamento imediato da situação e afirmou, que neste momento, o acesso ao crédito tem sido o maior problema para os empresários. “A transformação digital é um bom exemplo de como os empresários estão reagindo ao período de crise. A internet tem aberto muitas oportunidades. Em relação ao acesso ao crédito, o governo e os bancos estão o caminho certo, mas essas medidas precisam atingir todas as empresas ou não serão suficientes”, explicou Fabiano, completando que a Faciet está à disposição para mediar essa relação dos empresários com as instituições bancárias e promover o acesso ao crédito de forma segura. 

    Rogério Ramos explicou que essas mudanças provocaram a reinvenção de muitos negócios e destacou o apoio do Sebrae e das instituições parceiras aos empresários. “O atendimento digital tem despertado novos relacionamentos com o cliente. O mais importante em um momento como esse é unir forças e compartilhar conhecimento. Esses encontros reforçam como cada instituição tem prestado assistência para apoiar o empresário”, ressaltou Ramos.

    ASSECOM/SEBRAE-TO

    Imprimir