Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    08/06/2020

    Com novo aporte, Governo do Tocantins passa a contar com R$ 40 milhões para socorrer os empreendedores do Estado

    Ao todo, a linha do Turismo disponibiliza R$ 20 milhões de reais para socorrer os empreendedores do ramo turístico.

    Agência de Fomento recebe novo aporte de R$ 9 milhões de reais ©Thiago Sá
    O Governo do Tocantins por meio da Agência de Fomento recebeu novo aporte do Fundo Geral do Turismo (Fungetur) no valor de R$ 9 milhões de reais destinados ao turismo tocantinense, já disponível para solicitação de crédito a partir desta segunda-feira, 08. Com esse recurso a Fomento passa a contar com R$ 20 milhões exclusivamente destinados aos empreendedores do Turismo do Estado, e mais R$ 20 milhões para as demais linhas de crédito.

    Segundo a Presidente da Agência de Fomento, Denise Rocha, o fortalecimento da economia do Tocantins é uma das prioridades do Governador Mauro Carlesse neste momento de pandemia, e esse novo aporte vem em complemento a essa necessidade.

    “Inicialmente, esse recurso da Fungetur seria para atrair investidores e auxiliar o turismo no Estado, mas com a pandemia do novo Coronavírus, estamos direcionando a maior parte do atendimento para o capital de giro em socorro ao empreendedor”, destacou a presidente.

    O recurso tem taxas de juros de aproximadamente 0,40% ao mês + Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) em torno de 0,20% ao mês, com prazos até 48 meses, e carência até 12 meses na modalidade capital de giro.

    Solicitação do crédito

    Os interessados no crédito na modalidade capital de giro, poderão solicitar a análise de crédito para os valores de R$ 1 mil a 30 mil reais na Agência de Fomento. Para a análise durante a pandemia da Covid-19 serão dispensadas as certidões negativas federais, estaduais e municipais para flexibilizar o atendimento e propor maior agilidade no processo.

    O crédito está disponível para pessoas jurídicas de direito privado, preferencialmente, empreendedores individuais, microempreendedores (MEI), e para pequenas e médias empresas, legalmente constituídas e estabelecidas no setor turístico.

    Na linha da Fungetur, o município de sede da empresa deve estar cadastrado no Mapa do Turismo do Brasil, e o cliente deve possuir o Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) junto ao Ministério do Turismo, que pode ser emitido pela Cadastur e pela Secretaria Estadual de Indústria e Comércio do Tocantins.

    Em caso de solicitação de outras linhas de crédito para comércio, serviço, agronegócio e indústria, é necessário consultar as taxas de juros, prazos e carências estabelecidas em cada segmento.

    Agilidade na análise de crédito

    Para que o cliente tenha agilidade no atendimento, a Agência de Fomento disponibilizou no site www.fomento.to.gov.br e nas redes sociais Twitter, Instagram e Facebook, um checklist dos documentos a serem apresentados pelos empreendedores de acordo com suas categorias.

    De posse da documentação necessária, o empreendedor pode agendar um atendimento presencial na Agência de Fomento pelos telefones (063) 32220-9800/ 3220-9826/ 3220-9813/ 99993-7016/ 99277-5147.

    Com atendimento também via e-mail: atendimento@fomento.to.gov.br, a Agência de Fomento orienta os empreendedores de regiões mais distantes, como proceder com o processo através de correspondência postal, para que também possa ter acesso à apreciação do crédito.

    A Agência de Fomento está com atendimento contínuo e estendido de segunda a sexta-feira, das 09:00 as 17:00 horas.
    Novo aporte na modalidade capital de giro será destinado ao socorro dos empreendedores turísticos
    Por: Melânia Kássia


    Imprimir