Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    11/06/2020

    Governador Carlesse agradece empenho da Assembleia por autorização para contratar recursos que serão investidos em obras de infraestrutura

    Projetos de leis foram aprovados pelo Plenário da Assembleia Legislativa

    Governador Mauro Carlesse ressalta que obras facilitarão tanto a locomoção das pessoas quanto o escoamento da produção – ©Aldemar Ribeiro
    O Governo do Tocantins está autorizado a obter crédito na ordem de R$ 300 milhões que serão investidos nas obras de duplicação da rodovia TO-080 (entre Palmas e Paraíso do Tocantins) e na construção da nova ponte sobre o rio Tocantins, em Porto Nacional. A autorização para contrair a operação de crédito foi solicitada por meio de projetos de leis (PLs 02 e 03), encaminhados no início de maio deste ano, votados e aprovados no Plenário da Assembleia Legislativa (AL/TO) na noite dessa quarta-feira, 10.

    Do montante autorizado, R$ 150 milhões serão contratados no Banco de Brasília (BRB) para a construção da nova ponte de Porto Nacional e os outros R$ 150 milhões no Banco do Brasil para implementar a infraestrutura rodoviária necessária na duplicação da TO-080, no trecho que liga Palmas a Paraíso do Tocantins. 

    O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, agradece o empenho dos deputados em autorizar a contratação de crédito para essas obras que beneficiarão diretamente à população. “São obras necessárias que facilitarão tanto a locomoção das pessoas quanto o escoamento da produção. Os parlamentares entenderam essa importância e nos deram esse aval para viabilizar essas obras”, afirma.

    As obras da nova ponte de Porto Nacional já foram iniciadas com recursos próprios do Estado. A nova ponte faz parte do programa Governo Municipalista, que prevê a complementação da infraestrutura do Estado com construções em todos os 139 municípios.

    Quanto à obra de duplicação da Rodovia TO-080, no trecho que liga Palmas a Paraíso do Tocantins, o governador Mauro Carlesse destaca que a região beneficiada está no centro geodésico e se destaca como polo de produção de distribuição do centro do Estado do Tocantins, integrada pelos municípios de Palmas, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional e Miracema do Tocantins, concentrando mais de 23% da população e 32% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual.

    “É uma rodovia que tem um tráfego muito grande, impactado pelo escoamento da produção que tem sua origem no aumento das safras. Com isso faz-se necessário também investir na duplicação rodoviária de forma a ajudar o produtor a escoar sua produção, diminuindo distâncias e custos. Sem falar na melhoria da trafegabilidade da população que diariamente faz uso desse trajeto”, explica.

    Trâmite

    Antes de ir a Plenário, os projetos de leis foram apreciados pela Comissão de Administração, Trabalho, Defesa do Consumidor, Transportes, Desenvolvimento Urbano e Serviço Público. Os projetos foram discutidos ainda na noite de terça, 9, mas a nova apreciação em plenário ficou para a quarta-feira, em função do pedido de vistas feitos pelos deputados Júnior Geo, Olyntho Neto e Vilmar de Oliveira. 

    Na reunião da Comissão realizada no início da noite dessa quarta, a maioria dos deputados decidiu por encaminhar a matéria ao plenário sem alterações nos textos originais. Ao final da noite, os PLs 02 e 03 foram aprovados. 
    R$ 150 milhões serão contratados no Banco de Brasília para construção da nova ponte de Porto Nacional 

    Mais R$ 150 milhões serão contratados no Banco do Brasil para duplicação da TO-080, entre Palmas e Paraíso ©Lincoln Filho


    Por: Vânia Machado e Jesuino Santana Jr.


    Imprimir