Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    19/06/2020

    Governo do Tocantins solucionou mais de 2 mil casos de divergência em pedidos de seguro-desemprego

    Setas realiza Live do Emprego na próxima terça, 23, para tirar dúvidas dos trabalhadores.

    ©DIVULGAÇÃO
    Desde 14 de maio, o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) e Sistema Nacional de Emprego (Sine) passou a atender os casos de divergência nos pedidos de seguro- desemprego feitos via aplicativo, por e-mail. A medida solucionou a maioria dos casos possibilitando aos trabalhadores o acesso ao seu direito, sem precisar entrar em contato com a central nacional.

    Cerca de 90% das solicitações de seguro-desemprego feitas em maio de 2020 foram via aplicativo, devido à suspensão do atendimento presencial em virtude da pandemia da Covid-19. No referido mês, o Sine Tocantins resolveu 2.283 casos de divergência no Estado.

    De acordo com a gerente das unidades do Sine Tocantins, Meire Bezerra, na maioria dos casos o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital (meio pelo qual o pedido do seguro-desemprego é realizado) trás a notificação de ‘aguardando confirmação no posto’, nessa situação é necessário a apresentação de toda documentação para dar entrada no seguro. Outra intercorrência comum é a divergência de informações gerais no pareamento de dados com a Receita Federal, que podem ser devido a erro de digitação na criação do Cadastro de Pessoa Física – CPF. Sobre o assunto a gerente comenta: “Anteriormente quanto essas situações aconteciam o trabalhador só podia solucionar o problema entrando em contato com a central nacional, mas desde a criação do atendimento via e-mail a maioria dos casos tem sido resolvidos por nossas equipes estaduais”.

    Buscando solucionar as dúvidas mais comuns dos trabalhadores que precisam acessar o seguro, a Setas realizará na próxima terça-feira, 23, às 15h, a Live do Emprego no Instagram @setastocantins.

    Participam do momento a gerente Meire Bezerra que falará sobre o Seguro Desemprego e o palestrante e orientador profissional A’eronssaytt Oliveira com dicas do mercado de trabalho.

    Caso o trabalhador tenha alguma dúvida que deseje ver respondida na live pode enviar perguntas pelo e-mail trabalho@secom.to.gov.br

    Como dar entrada no Seguro-Desemprego pelo aplicativo

    Vale lembrar ao trabalhador que o meio inicial para acessar o benefício continua sendo o aplicativo. O requerente precisará ter um celular com sistema operacional ANDROID/IOS, entrar nas lojas de aplicativo do celular, baixar o aplicativo Carteira de trabalho Digital, Entrar com o acesso GOV.BR. Se ainda não tiver a senha, fazer cadastro para obter a senha de acesso e fazer o LOGIN, usando o CPF e senha. O processo é autoexplicativo e caso o trabalhador tenha dúvidas pode acessar o passo a passo neste link.

    Como dar entrada no Seguro-Desemprego pelo computador

    Para acessar o direito via computador o trabalhador pode entrar neste link. Nele se encontra o passo a passo para criação da senha de acesso ao Portal Emprega Brasil (Gov.br) e o restante do processo é igual ao do aplicativo. Se o trabalhador já tiver a senha clica no ícone e parte para o próximo passo.

    Telefones disponíveis para o trabalhador tirar dúvidas

    Palmas – 3218-1967 /1968/1969

    Araguaína - 3414-3634

    Araguatins – 3474-1100

    Paraíso – 3602-3340

    Porto Nacional – 3363-2717

    Guaraí – 3464-1710

    Dianópolis – 3692-1628

    Gurupi – 3351-2477

    E-mails para casos em que o aplicativo acusa divergência

    Palmas



    Guaraí


    Araguatins


    Dianópolis


    Araguaína


    Gurupi


    Paraíso do Tocantins


    Porto Nacional


    Documentação para ser enviada por e-mail em caso de divergência

    Obs: A documentação deve ser escaneada em PDF (mínimo 600dpis) em boa qualidade e legível. Não é permitido foto da documentação.
    • Requerimento de Seguro Desemprego (Assinado e carimbado pela empresa e pelo trabalhador) as 2 paginas
    • Termo de Rescisão (Assinado e carimbado pela empresa e pelo trabalhador) as 2 paginas
    • 3 Últimos contracheques (não é obrigatório, porém serão usados os dados contidos no requerimento de seguro para calculo das parcelas)
    • RG
    • CPF
    • CTPS (página dos dados pessoais, último contrato e alteração de salário ou anotações gerais se houver)
    • Extrato analítico, ou código de saque ou comprovante de saque FGTS
    • Comprovante de endereço
    • Telefone para contato

    Por: Lara Cavalcante


    Imprimir