Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    04/06/2020

    Governo do Tocantins vai ampliar oferta de linha de crédito para categorias da economia criativa

    Sics/Adetuc fará plano de ação para direcionar os empreendimentos e municípios a serem atendidos

    Reunião sobre a nova linha de crédito foi realizada na sede da Sics ©Flávio Cavalera
    Além do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), com recursos do Ministério do Turismo (MTur), e do Microcrédito, que conta com recursos próprios do Governo do Estado, a Agência de Fomento trabalha em parceria com a Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e a Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) para consolidar a liberação de nova linha de crédito, na ordem de R$ 10 milhões. A Lei 3.665, que institui o Fundo de Desenvolvimento Econômico e Sustentável do Estado do Tocantins (FDESTO) foi sancionada pelo governador Mauro Carlesse e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 1º de junho

    Em reunião nesta quinta, 4, o gestor da Sics/Adetuc, Tom Lyra, a presidente da Agência de Fomento, Denise Rocha, por videochamada, e equipes técnicas das pastas reuniram-se para tratar do plano de ação que irá direcionar o processo de liberação do FDESTO. Caberá à Sics/Adetuc o levantamento do público-alvo, ou seja, as categorias de autônomos e/ou profissionais da economia criativa do Estado e seus respectivos municípios a serem beneficiados. Estão em fase de definição os valores, prazo de carência e parcelamento desta linha de crédito. 

    Conforme salientou Denise Rocha, a orientação do governador Mauro Carlesse é atender os pequenos empreendedores e autônomos com flexibilização na documentação e juros abaixo do mercado. “Desta forma poderemos socorrer os empreendedores e estimular o surgimento de novos negócios”, explicou.

    Segundo Tom Lyra, a flexibilização na liberação dos créditos disponíveis é uma das principais demandas da classe empresarial neste momento de pandemia da Covid-19. “Dentro do que nos é permitido, em acordo com as regras do Banco Central, estamos trabalhando para atender os nossos empresários e também os pequenos empreendimentos que impulsionam a economia do Estado”, disse, enfatizando o empenho do governador Mauro Carlesse na abertura da nova linha de crédito.

    Outras linhas

    O Fundo Geral do Turismo (Fungetur) disponibilizou R$ 20 milhões para três modalidades distintas – capital de giro, implantação e ampliação – com empréstimos de até R$ 300 mil. O benefício é voltado aos empresários com empreendimentos nos municípios que integram o Mapa do Turismo do Estado e presentes no sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor, o Cadastur, do Ministério do Turismo.

    Nesta semana, foi liberada linha crédito exclusiva de até R$ 5 mil para os guias de turismo do Estado. Os recursos, da base do Fungetur, são na modalidade capital de giro e estão disponíveis aos 97 profissionais inscritos no Cadastur, podendo ser creditados em parcela única ou em até cinco vezes, com carência de seis meses e parcelamento em até 48 vezes.

    Já o Microcrédito permite contratos de até R$ 30 mil, com quatro meses de carência e 48 meses para quitação.

    Por: Seleucia Fontes


    Imprimir