Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    29/06/2020

    Primeira etapa da campanha de vacinação contra brucelose termina nesta terça-feira

    Deverão ser vacinadas as bovídeas (bovinas e bubalinas) entre 3 e 8 meses de idade.

    Vacinação é obrigatória para bezerras entre 3 a 8 meses de idade ©DIVULGAÇÃO
    A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), alerta para o encerramento nesta terça-feira, 30, da primeira etapa de vacinação contra a brucelose, onde deverão ser vacinadas as bezerras bovinas e bubalinas, entre 3 a 8 meses de idade.

    Segundo a Adapec, a vacinação contra esta zoonose é obrigatória, para as fêmeas dentro desta faixa etária e devem ser vacinadas com a vacina Cepa B19 ou com a RB-51. Após a vacinação, o produtor deve se dirigir ao escritório da Adapec onde realiza a movimentação do rebanho e declarar a vacina, mediante apresentação da nota fiscal do produto e atestado de vacinação, essa declaração deve ser feita até o dia 10 de julho.

    Vale ressaltar que o produtor que deixar de vacinar pagará multa no valor de R$ 5,32 por animal não vacinado e R$ 127,69 pela não declaração. Além disso, a ficha de movimentação do rebanho ficará bloqueada para a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) até a regularização.

    “A brucelose é um doença que pode ser transmitida para o ser humano, e a vacina é meio mais eficaz de controle dela, por isso, é fundamental que os produtores rurais vacinem as suas bezerras no tempo correto, para proteger o rebanho e a saúde humana,” disse o presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha.

    É importante alertar, que a vacinação contra a brucelose só deve ser feita por médico veterinário ou auxiliar de vacinador devidamente cadastrado na Adapec.

    Por: Welcton de Oliveira


    Imprimir