Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    17/06/2020

    Produtores contam com apoio do Ruraltins para acesso a linhas de crédito rural

    Ruraltins deu entrada no Banco da Amazônia aos primeiros projetos elaborados para que o produtor possa implantar em seu estabelecimento rural 
    O Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) entregou ao Banco da Amazônia, em Dianópolis, os primeiros projetos elaborados pelo Mutirão do Agrocrédito com os produtores rurais da região sudeste do Estado. Esta iniciativa visa o acesso do produtor a linhas de crédito rural para custear e investir nas suas atividades agrícolas. Nesta primeira etapa serão de cerca de R$ 1,5 milhão em recursos para que o produtor possa implantar em seu estabelecimento rural.

    O mutirão ocorreu em fevereiro, quando a equipe visitou 118 produtores de 12 municípios da região. Nesta primeira etapa sendo atendidos 21 produtores dos municípios de Almas, Dianópolis e Novo Jardim, contemplando as linhas de crédito do Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf) por meio do Pronaf A, Pronaf Mais Alimento e Pronaf Custeio, e também pelo Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), que é o crédito de fomento da Região Norte.
    Ruraltins esteve na região colhendo as assinaturas dos interessados ©DIVULGAÇÃO
    Após as visitas, e colhidas as informações necessárias, a equipe da Gerência de Crédito do Ruraltins elaborou os primeiros projetos, e na última semana, esteve na região colhendo as assinaturas dos interessados, seguindo com a apresentação ao banco. “Finalizamos esta primeira etapa, na sexta-feira [12 de junho], com a entrega das propostas ao Banco da Amazônia de Dianópolis, que atende a região, e acreditamos que a análise deve ocorrer nos próximos 30 a 60 dias para a liberação do recurso”, explicou o engenheiro agrônomo, Marco Aurélio, um dos responsáveis pelo acompanhamento do Mutirão do Agrocrédito.

    Ainda segundo Marco Aurélio, a expectativa é viabilizar mais de R$ 12 milhões em projetos de crédito rural no sudeste do Tocantins, recurso vai permitir ao produtor implantar, ampliar e modernizar a infraestrutura de produção e serviços no seu estabelecimento rural e, consequentemente, aquecer a economia da região.
    Nesta primeira etapa estão sendo atendidos 21 produtores dos municípios de Almas, Dianópolis e Novo Jardim, contemplando as linhas de crédito do Pronaf e FNO

    Por: Edvânia Peregrini


    Imprimir