Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    10/07/2020

    PORTO NACIONAL| Prefeitura entrega à comunidade a primeira Unidade Municipal de Referência à Covid-19 do Tocantins

    Unidade Municipal de Referência à Covid-19 de Porto Nacional ©DORNIL SOBRINHO
    A Prefeitura de Porto Nacional, através da Secretaria Municipal da Saúde (Semus), entregou à comunidade portuense na manhã desta sexta-feira, 10, a primeira Unidade Municipal de Referência à Covid-19, do Tocantins. O local vai atender casos suspeitos e confirmados da doença, fazer testagens, avaliação médica e alta de pacientes. A equipe multiprofissional é composta por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, recepcionista, coordenador, servidores da área administrativa e de serviços gerais. A Unidade está localizada no setor Nova Capital, ao lado do Ceme e SAE, e bem próxima à Unidade de Pronto Atendimento do Município (UPA). Os atendimentos acontecerão de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas e, também, aos feriados.

    Na estrutura, oito salas compõem o prédio, sendo uma recepção, uma sala de acolhimento, três consultórios médicos e de enfermagem, uma sala de observação com capacidade para até cinco pacientes, uma sala de preparação de medicamentos, uma sala de testagem, dois banheiros e lavanderia.
    Sala de Acolhimento
    A Unidade é um complemento ambulatorial. Totalmente organizada e habilitada, dentro dos critérios técnicos do Ministério da Saúde (MS) e da Vigilância Sanitária para acolher, de forma resolutiva, humanizada e de qualidade, todos os pacientes de Covid-19, com os contatos primários e casos suspeitos. Os atendimentos serão pré-agendados e direcionados pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e UPA.
    Corredor de acesso às salas
    Os casos leves, foco do atendimento, são os sintomas de síndrome gripal com febre leve, tosse seca, dor de garganta, falta de paladar e olfato, desconforto respiratório e dores no corpo. Porto Nacional realiza, por dia, cerca de 200 testes para identificação da doença.

    A Secretaria da Saúde de Porto Nacional evidencia que para a realização das testagens, existem protocolos a serem cumpridos, como a avaliação clínica ou de enfermagem. Os testes só poderão ser feitos com prescrição médica.

    A nova unidade segue todos os parâmetros do Ministério da Saúde, por isso conta também com a organização do distanciamento e sala de isolamento.
    Sala de Observação

    Consultório médico

    Consultório médico

    Consultório de enfermagem
    A secretária municipal da Saúde, Anna Crystina Brito, chamou a atenção da população para uma reflexão sobre o comportamento. “A Unidade Municipal de Referência à Covid-19 está à disposição e as UBSs continuam sendo a porta de entrada para o acolhimento das pessoas com sintomas inerentes à Covid-19, contudo se precisa do comportamento consciente de cada um, de que a melhor forma de enfrentamento da Covid-19 é com o uso obrigatório de máscara em qualquer local do Município, o distanciamento social e o isolamento social voluntário, saindo de casa somente se necessário. O vírus é invisível e está numa celeridade muito grande e todo o Estado. A adesão de todos é fundamental”, observou.
    Secretária Municipal da Saúde, Anna Crystina Brito com o kit Covid-19
    Ao chegar na Unidade, o paciente será notificado com síndrome gripal para Covid-19 e passará a ser monitorado pela equipe de vigilância em saúde do Município. Ao mesmo tempo, assinará um termo de consentimento livre e esclarecido, onde ele se co-responsabilizará em fazer o isolamento social obrigatório.

    Os fluxogramas de atendimento dos pacientes da Unidade de Referência serão referenciados pelas UBSs para avaliação, acompanhamento médico e medicamentoso, e recebimento do kit Covid-19 para os casos confirmados.



    Por: Umbelina Costa
    Fotos: Dornil Sobrinho

    Imprimir