Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    13/07/2020

    Setor de serviços do TO registra leve recuperação, em maio

    ©ILUSTRAÇÃO
    Mesmo em meio aos efeitos da pandemia, o volume de serviços no Tocantins registrou leve recuperação em maio (0,8%), na comparação com o mês de abril, assim como ocorreu com as vendas do comércio (5,9%). A maior parte (16) das 27 unidades da federação assinalou retração no setor acompanhando o recuo de 0,9% observado no Brasil. É o que mostra a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Desde janeiro de 2020, o setor de serviços tocantinense vinha registrando índices negativos na variação mês/mês anterior, na série com ajuste sazonal. Em abril, o recuo foi de 3,7%. Os dados do IBGE apontam que os resultados positivos de maio observados no Tocantins e em outros estados foram impulsionados, especialmente, pelos segmentos de transporte rodoviário de cargas e de alojamento e alimentação.

    Na comparação com maio de 2019, o recuo do volume de serviços no Brasil (-19,5%) foi acompanhado por 25 das 27 unidades da federação. Assim como em abril, Tocantins registrou queda (-6,7%). As únicas contribuições positivas para a formação do índice global vieram do Mato Grosso (6,3%) e de Rondônia (9,3%).

    No acumulado de janeiro a maio de 2020, frente a igual período do ano anterior, a queda do volume de serviços no Brasil (-7,6%) se deu de forma disseminada entre os locais investigados, já que 26 das 27 unidades da federação também mostraram retração na receita real de serviços. No Tocantins o recuo foi de 2,7%.


    Fonte: Unidade Estadual do IBGE no Tocantins - Supervisão de Disseminação de Informações


    Imprimir