Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    14/08/2020

    Bolsonaro tem melhor avaliação desde que o governo começou, diz Datafolha

    Levantamento indicou que 37% dos brasileiros consideram o governo ótimo ou bom

    ©ARQUIVO
    Pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta sexta-feira (14) mostra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com a melhor avaliação desde que começou o seu mandato, em janeiro de 2019. O resultado coincide com um período em que chefe do Executivo tem procurado dar menos declarações polêmicas.

    Conforme a consulta, 37% dos brasileiros consideram o governo ótimo ou bom. No levantamento anterior, de 23 e 24 de junho, esse percentual era de 32%.

    O instituto, segundo as informações tornadas públicas pelo Jornal Folha de S.Paulo, entrevistou por telefone celular 2.065 pessoas nos dias 11 e 12 de agosto. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou menos.

    A pesquisa tem outro dado positivo para Jair Bolsonaro: caiu a rejeição das pessoas ao presidente, em 10 pontos percentuais.

    O índice, antes em 44% veio para 34% de pessoas que o consideravam ruim e péssimo no período, conforme a consulta.

    Para 27 dos que responderam à pesquisa, o governo é regular, por sua vez. Em junho, esse índice era de 23%.

    Bolsonaro compartilhou a notícia em seu Twitter. "Verdade, meia verdade ou fake news? Bom dia a todos", afirmou.

    Melhora 

    Segundo o Datafolha, houve queda expressiva a rejeição a Bolsonaro na região Nordeste. O índice caiu de 52% para 35% na região. Os estados nordestinos mantêm a pior avaliação, mas também houve mudança: a avaliação cresceu em 6 pontos percentuais, para 33% de ótimo e bom, em relação à pesquisa de dois meses atrás.

    Entre quem fez o pedido de auxílio emergencial e recebeu, 42% acham Bolsonaro ótimo e bom, ligeiramente acima da média geral. Já 36% dos que não fizeram também acham isso.

    No Nordeste, onde vive 27% da população, 45% dos moradores recorreram ao instrumento, ante 40% no país todo.

    Bolsonaro, conforme a pesquisa, também melhorou seu desempenho no Sudeste, região mais populosa do país. A provação subiu de 29% para 36%, enquanto a rejeição caiu de 47% para 39%.

    O Centro-Oeste, onde se inclui Mato Grosso do Sul, continua sendo reduto onde Bolsonaro é mais bem avaliado, junto com Sul e o Norte/Centro-Oeste. Na região Centro-Oeste, ele tem 42% de avaliação ótima e boa. 

    Por Marta Ferreira

    Imprimir