Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    17/08/2020

    BRK Ambiental entrega obra de Estação Elevatória de Esgoto da UPA de Gurupi

    Estação vai destinar o esgoto da UPA Dr. Márcia Mucky para tratamento e resolve a questão do uso de fossas sépticas no local

    ©DIVULGAÇÃO
    A BRK Ambiental, concessionária de saneamento básico que atende 47 municípios tocantinenses, concluiu a construção da Estação Elevatória de Esgoto para atender a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Marcia Mucky, em Gurupi. A unidade de saúde utilizava fossas sépticas que não conseguiam absorver toda a demanda, necessitando regularmente de caminhões limpa-fossas. Com a obra nova, a concessionária estima que algo em torno de 200 mil litros de esgotos deixarão de ser descartados nas fossas e serão encaminhados para tratamento mensalmente.

    A nova Estação Elevatória de Esgoto tem a capacidade de vazão de 2,50 L/s, com 117 metros de rede coletora de esgoto e 670 metros de linha de recalque, além de uma travessia por método não destrutivo por baixo da Rodovia BR-153 (Belém-Brasília).

    “O esgotamento sanitário das cidades é fundamental para o combate e prevenção de doenças de veiculação hídrica, melhorando desta forma a qualidade de vida da população. Essa estação atende ao desafio da UPA em dar destinação correta ao esgoto gerado na unidade de saúde. Além disso, proporciona a preservação dos recursos naturais por meio do tratamento e destinação adequada do esgoto.”, destaca Álem Felipe, responsável operacional da BRK Ambiental em Gurupi.

    Como funciona

    O sistema de coleta do esgoto, na maioria das vezes, é projetado para ocorrer em escoamento gravitacional. No entanto, em situações em que a topografia do local não é favorável ou não há a presença de desnível natural do terreno, é necessária a utilização de estações elevatórias.

    O funcionamento das estações elevatórias é realizado por meio do bombeamento do esgoto de um ponto mais baixo para um ponto mais elevado, até os dejetos chegarem na Estação de Tratamento de Esgotos. 


    ASSECOM


    Imprimir