Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    14/08/2020

    CAPITAL| Prefeitura suspende atualização de conteúdos em portal e redes sociais

    Medida atende à Lei Federal Nº 9.504/1997 referente ao período eleitoral; somente serão atualizadas informações sobre a Covid-19


    Em atendimento à Lei Federal 9.504/1997, no que se refere ao período que antecede as eleições municipais, a Prefeitura de Palmas informa que a atualização de conteúdos nos canais oficiais de comunicação do Município ficará suspensa a partir deste sábado, 15 de agosto, até o término das eleições, exceto informações de utilidade pública referentes à Covid-19.

    A suspensão atinge a homepage do município – áreas de noticiário de secretarias e órgãos da administração, incluindo dos espaços culturais – e as contas da Prefeitura e órgãos municipais nas redes sociais. A área de serviços do portal continua em operação. Ela dá acesso, pela homepage, a serviços como a emissão de segunda via de IPTU, Nota Fiscal Eletrônica, alvarás, contra-cheque do servidor público, Diário Oficial do Município, Portal da Transparência, Resolve Palmas, entre outros. Para quem está acostumado a navegar pelo site a diferença é que o conteúdo de noticiário estará desativado (incluindo os vídeos e galerias de fotos).

    Nas redes sociais, as contas da Prefeitura e de órgãos da administração direta e indireta serão desativadas no Facebook, YouTube e Twitter. No Instagram, somente as contas @semuspalmas e @cidadepalmas permanecerão ativas, mas apenas com publicações relacionadas à Covid-19; todo o histórico será desativado.

    Site coronavírus

    Em decorrência da Covid-19, o site exclusivo para o tema será mantido, o Plantão Coronavírus de Palmas. Ele traz informações como os boletins diários, a situação da doença na capital, orientações variadas de prevenção, portal da transparência, entre outros.

    Em todos os espaços onde houver restrição de divulgação, haverá um banner, orientando o interessado sobre onde ele poderá obter informações sobre o tema que deseja.

    Os atendimentos à imprensa continuam ativos.

    SECOM


    Imprimir