Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    20/08/2020

    Empresário da indústria permanece confiante em agosto, de acordo com pesquisa da FIETO

    Mesmo com leve queda em indicadores que formam o Índice de Confiança do Empresário Industrial, os valores de agosto confirmam a confiança verificada em julho.


    A confiança do empresário da indústria do Tocantins verificada em julho foi confirmada na apuração do Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do mês de agosto que registrou 55 pontos. Valores acima da linha divisória de 50 pontos indicam confiança, de acordo com a metodologia da pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO) de 3 a 13 de agosto.

    O ICEI ficou praticamente estável em agosto na comparação com o mês de julho passando de 55,8 para 55 pontos, respectivamente. A permanência da confiança para os próximos seis meses foi possível após o indicador de Expectativas, um dos componentes do ICEI, ter se situado acima da linha divisória de 50 pontos. Mesmo com uma pequena redução de 0,4 pontos em relação ao mês de julho, o indicador ficou em 60,5 pontos.

    O indicador Condições Atuais, que também integra o ICEI, passou de 45,5 para 44 pontos, de julho para agosto deste ano. Com este resultado, abaixo da linha divisória de 50 pontos, a pesquisa indica que as condições atuais da economia brasileira e de suas empresas pioraram em comparação com os últimos seis meses.

    A coordenadora de pesquisa da FIETO, Gleicilene Bezerra, analisa que a confiança dos empresários do segmento industrial demonstrada na pesquisa indica otimismo com relação a economia brasileira e seus negócios para os próximos seis meses. “Empresários confiantes tendem a investir mais em seus negócios, o que se espera que se confirme nos próximos meses impulsionando o reaquecimento do setor”, afirma.

    No Tocantins, a pesquisa é feita por meio de respostas das empresas online ou via telefone e contou com uma amostra de 91 indústrias, sendo 64 de pequeno porte e 27 de médio e grande porte. No cenário nacional, o ICEI registrou 57 pontos.

    A pesquisa é elaborada pela FIETO com apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e está disponível no site www.fieto.com.br no link Estudos e Pesquisas.

    Por Priscila Cavalcante

    Imprimir