Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    12/08/2020

    Energisa investe R$ 7,6 milhões em nova subestação e melhorias na rede de Luzimangues

    Obra beneficia cerca de 20 mil pessoas no distrito de Porto Nacional

    ©DIVULGAÇÃO
    Para aumentar a capacidade energética de Luzimangues, em Porto Nacional, a Energisa construiu uma nova subestação de energia. Foram investidos R$ 7,6 milhões na obra e na melhoria da rede de distribuição, que beneficia cerca de 20 mil pessoas. Para 2021, ainda está prevista a construção de uma outra subestação no distrito industrial, no valor de R$ 4,8 milhões.

    A nova subestação já entrou em operação em janeiro deste ano, proporcionando maior segurança e confiabilidade na distribuição de energia. O local é estratégico para atender o forte crescimento urbano do distrito e garantir fornecimento de energia de qualidade para as atividades industriais, como, por exemplo, a operação do Terminal Multimodal da Ferrovia Norte Sul.

    “A Energisa tem o compromisso de fornecer energia de qualidade para nossos clientes e contribuir com o desenvolvimento do estado. Sabemos do grande crescimento de Luzimangues e esse pacote de investimentos para esse distrito vai possibilitar um desenvolvimento ainda maior, contribuindo para a geração de emprego e renda da população”, destaca o diretor Técnico da Energisa Tocantins, Alessandro Brum.

    Antes, toda a distribuição de carga de energia era realizada via Paraíso. Agora, com a nova subestação, que traz o que há de melhor em equipamentos e de tecnologias de automação, Luzimangues conta com mais confiabilidade no seu suprimento de energia e também disponibilidade de energia para o crescimento de residências, comércios e indústrias, considerando que ampliou em três vezes a capacidade instalada. Hoje, a partir da implantação da subestação, é possível atender, além de todos que lá residem ou empreendem, o crescimento de Luzimangues pelos próximos 15 anos.

    O plano de investimentos da Energisa ainda prevê a entrega de mais uma obra na região do Jalapão, fortalecendo o desenvolvimento local com a entrega de geradores de energia, em São Félix e Mateiros, para atender a região em caso de problemas nas extensas redes que atravessam a região desértica até esses municípios. Ainda em 2021 e 2022, o plano prevê, além de muitas melhorias nas redes, obras estruturantes para Caseara, Colinas e Dianópolis, com obras de conexão com a sistema interligado nacional e com construção de novas subestações.

    Resultados

    Desde 2014, quando assumiu a concessão no Tocantins, a Energisa já investiu mais de R$ 1,6 bilhão na melhoria do sistema elétrico. Como resultado, a distribuidora saltou da 19ª colocação, em 2016, do Ranking de Qualidade da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), para a 5º posição, no ano passado, com reconhecimento nos anos de 2018 e 2019 como melhor empresa na satisfação dos clientes na região norte, que reforça o seu compromisso com os clientes e a sociedade onde atua.

    Grupo Energisa

    Com 115 anos de história, o Grupo Energisa é o 5º maior em distribuição de energia elétrica. Uma das primeiras empresas a abrir capital no Brasil, a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre. O Grupo atende a 7,8 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de quase 20 milhões de pessoas) em 862 municípios de todas as regiões do Brasil, além de gerar aproximadamente 19 mil empregos diretos e indiretos.

    Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um portfólio diversificado que engloba distribuição, geração, transmissão, serviços para o setor elétrico (Energisa Soluções), serviços especializados de Call Center (Multi Energisa), comercialização de energia (Energisa Comercializadora) e soluções em energias renováveis (Alsol).

    ASSECOM


    Imprimir