Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    12/08/2020

    MIRACEMA| Município deverá contar com 3 pré-candidatos a prefeito

    De acordo com a Lei 9504/97 e Resolução nº 23.373/2011/TSE, cada partido político pode lançar a candidatura de até 150% do número de vagas na Câmara do município.

    ©REPRODUÇÃO
    Com o fim da coligação nas eleições proporcionais, o número de candidatos a vereador em Miracema deverá aumentar significativamente, já que cada partido terá que preencher a sua chapa ou, pelo menos, viabilizar uma quantidade que possibilite um resultado positivo nas urnas.

    Levantamento feito pela reportagem junto aos partidos indica que mais de 100 candidatos devem disputar o pleito em Miracema, fazendo parte de três coligações majoritárias, já que o partido do pré-candidato a prefeito Saulo Milhomem, o Progressista, irá lançar cerca de 24 nomes ao legislativo e ainda não tem vice definido. Os outros pré-candidatos a prefeito são Hadul de Carvalho, a Maria Bala (PTB) e Camila Fernandes, viúva do falecido prefeito Moisés Costa (MDB).

    Até o presente momento, o arco de aliança em prol da reeleição de Saulo MIlhomem conta com três partidos e cerca de 43 pré-candidatos a vereador. São eles o Progressitas, que trabalha para lançar chapa completa, ou seja, 17 candidatos; o PSD, com treze candidatos; o Republicanos que, chega a ter 13 pré-candidatos. O candidato a vice-prefeito ainda não foi definido segundo fontes do grupo de Milhomem.

    A coalizão em torno da pré-candidatura de Maria Bala (PTB), segundo informações, conta com dois partidos, sendo o PTB e PSC que todos estão preparados para lançar chapa completa. No total, serão cerca de 20 candidatos. O pré-candidato a vice de Maria Bala (PTB) é o educador físico Bernado Klepa (PTB).

    Já a coligação de Camila Fernandes deverá contar com 40 candidatos, sendo que o MDB e o SD lançam chapa completa. No grupo de Camila Fernandes, tem cerca de 7 pré-candidatos a vice-prefeito, sendo eles, Aprígio da Farmácia (SD), Coronel Marcio Bandeira (MDB), o advogado e ex-secretário de Meio Ambiente, Flávio Suarte (MDB), o motorista do ex-governador, Marcelo Miranda, Bento Alves (MDB), vereador e presidente da Câmara Legislativa Edilson Tavares (MDB), vereador e médico Dr. Ricardo (MDB) e o ex-secretário de agricultura, Iris Aquino (MDB). 

    ASSECOM

    Imprimir