Palmas (TO),

  • LEIA TAMBÉM

    25/08/2020

    Pastor morre após ser atingido por tiro na perna em Dianópolis; Suspeita é de disparo acidental

    Caso foi registrado na zona rural da cidade. Pastor Demas, como era conhecido, era dirigente de uma igreja em Ponte Alta do Tocantins.

    Arma que pastor Aldemário Pereira da Cruz manuseava disparou e ele não resistiu ©Arquivo pessoal
    O pastor Aldemário Pereira da Cruz, de 54 anos, morreu após ser atingido por um tiro na zona rural de Dianópolis, na região sudeste do Tocantins. De acordo com a Polícia Militar (PM), a suspeita é que a arma que ele manuseava tenha disparado acidentalmente. O tiro atingiu a perna do pastor.

    O caso foi nesta terça-feira (25) e a PM foi chamada à propriedade rural por volta das 11h50. Uma testemunha informou que Aldemário tinha saído para a mata e que horas depois ouviu um disparo e gritos de socorro.

    Ele correu para ajudar e encontrou a o pastor com uma lesão na perna direita. A vítima ainda estava com vida e contou que a arma disparou sozinha ao cair acima do joelho.

    O pastor foi levado ao hospital, mas não resistiu e morreu na unidade.

    A ocorrência foi registrada pela PM como morte a esclarecer e o caso deve ser investigado. O G1 entrou em contato com a Polícia Civil para saber como está a apuração do caso e aguarda uma resposta.

    Pastor Demas, como era conhecido na região, era dirigente de uma congregação da Assembleia de Deus (AD) em Ponte Alta do Tocantins. Ele também foi secretário municipal de obras de Dianópolis na gestão entre 2013 e 2016.

    A morte dele deixou moradores e fieis abalados. O velório será realizado nesta quarta-feira (26) no templo sede da AD de Dianópolis, a partir de 8h e o sepultamento está marcado para às 10h.

    Por G1 Tocantins


    Imprimir